PUBLICIDADE
Topo

Vin Diesel virou cantor. Mas o que há por trás dessa notícia bizarra?

Vin Diesel, que não vive sem academia, Whey Protein e música pop
Vin Diesel, que não vive sem academia, Whey Protein e música pop
Getty Images

Leonardo Rodrigues

De Splash, em São Paulo

30/09/2020 04h00

Se houvesse um campeonato de notícias bizarras publicadas em 2020 —ô, aninho puxado—, o anúncio da carreira musical de Vin Diesel certamente terminaria entre os finalistas. Parece mentira, mas não é. O astro da franquia "Velozes & Furiosos" acaba de lançar seu primeiro single, "Feel Like I Do".

Eis o pop de balada "good vibe" do nosso amigo, parceria com o DJ norueguês Kygo

Continua depois da publicidade

A música foi lançada na TV americana durante o 'The Kelly Clarkson Show'

Um comentário: não parece trilha sonora de comercial do Lollapaloza na TV?

Essa obra de arte foi produzida por Petey Martin e lançada pelo selo do DJ norueguês Kygo, Palm Tree Records. É um pop estilo EDM, cheio de descontração, sintetizadores e vocal com afinação alterada. A letra fala da emoção inenarrável de se conhecer alguém em uma balada de verão —ou algo do gênero.

OK, mas que diabos o Vin Diesel tem a ver com música? Isso é golpe de marketing ou um talento que ele preferiu deixar oculto por todos esses anos?

Continua depois da publicidade

Na verdade, nenhum dos dois

Vin estava entediado sem rodar filmes na pandemia. Então resolveu mexer nos contatinhos do showbiz para realizar o sonho de lançar uma música por diversão. Basicamente é só isso. E, olha, não é a primeira vez que ele solta o gogó.

Em 2013, Vin postou um vídeo cantando "Stay", hit de Rihanna, para homenagear a companheira Paloma Jimenez. Dois anos depois, deu uma palinha de "See You Again", de Wiz Khalifa, em tributo ao colega Paul Walker no VMA. Não é um Stevie Wonder nem um Barack Obama, mas até que não ficou ruim não.

Aliás, Vin curte demais essa onda karaokê e já cantou "Habits", da sueca Tove Lo, também para celebrar a memória de Walker, morto em 2013.

Continua depois da publicidade

Ficou bom? Mmmm... Mas deixem o bombado sonhar!

Em um ano em que normalmente estaria no set de um filme, tive outra saída criativa, outra maneira de compartilhar meu coração com vocês.
salientou Diesel, saindo da zona de confronto... quer dizer, de conforto

A pergunta que paira: estamos diante do nascimento de uma carreira na música? Um novo Johnny Depp? Um novo Schwarzenegger (sim, ele já lançou álbuns para ouvir na academia)?

Por que eu viveria em um mundo dando passos de bebê? Preciso ir atrás disso. E irei algum dia.
Vin Diesel, cheio de autoestima branca e hétero que já esperávamos

Só digo que conheço uma galera que deve ter curtido muito esse plano grandioso

Continua depois da publicidade

Se a auspiciosa carreira musical vingar mesmo, como queremos, uma coisa é certa. O cover brasileiro do Vin terá que aprender a cantar, o que certamente abrirá novos desafios profissionais para ele. Parece que Vin Diesel, que também é um produtor de mão cheia, pensa em tudo mesmo.

Não importa quanto tempo demore. Já estamos loucos para ouvir e RESENHAR o primeiro disco de estúdio dele

Vin Diesel ou Justin Bieber? Quem será maior - não fisicamente, claro - daqui a dez anos?

Só o tempo dirá.

Errata: o texto foi atualizado
Diferentemente do publicado na primeira versão deste texto, a música "See You Again" foi lançada por Wiz Khalifa, em parceria com o cantor Charlie Puth, e não por Sam Smith. A informação foi corrigida.