PUBLICIDADE
Topo

Pedro Antunes

OPINIÃO

Texto em que o autor apresenta e defende suas ideias e opiniões, a partir da interpretação de fatos e dados.

Ainda bem que temos Gilberto Gil

Gilberto Gil no clipe de "Refloresta" - Reprodução / YouTube
Gilberto Gil no clipe de "Refloresta" Imagem: Reprodução / YouTube
Pedro Antunes

Pedro Antunes, ou "Pô Antunes" pra quem só me conhece pelo Instagram, é jornalista, apresentador, curador e crítico de música e cultura pop desde 2010. Escreveu no Jornal da Tarde, Estadão e foi editor-chefe da Rolling Stone Brasil. Fez mais entrevistas do se lembra, tem um "novo disco favorito" por semana e faz mini-análises de álbuns no programa Tem um Gato na Minha Vitrola, no perfil @poantunes.

Colunista do UOL

23/02/2021 15h26

O ar é úmido e denso. Zumbido dos insetos, o cantar dos pássaros no céu. A luz do sol quase não ultrapassa a copa das árvores. Os pés, descalços, tocam o solo molhado.

Paz.

Experimente dar o play na música abaixo e sinta-se na cena descrita acima.

Gilberto Gil, de voz gentil, acalanta o coração desmatado de "Refloresta", uma música com o filho Bem Gil (que assina a produção da canção) e o trio Gilsons, formado outros integrantes do clã Gil, com filho e netos.

Suavemente, Gil canta sobre os perigos do desmatamento desenfreado, uma bandeira política da turma do agronegócio que costumeiramente banca o Presidente da República.

"Manter em pé o que resta não basta. Que alguém virá derrubar o que resta. O jeito é convencer quem devasta a respeitar a floresta"
Alerta Gilberto Gil em "Refloresta"

Ao longo da faixa, também disponível em streaming, o desmatamento é o inimigo a ser combatido. Não basta parar, reforça Gil, é importante iniciar um processo de reflorestamento.

"Por que não deixamos o nosso mundo em paz?"

A iniciativa de "Refloresta" é do Instituto Terra, uma ONG criada por Lélia Deluiz Wanick Salgado e Sebastião Salgado, em 1998. O clipe, disponível acima, foi realizado pela Ampfy, dirigido por Ivi Roberg e produzido por Piloto.

Em uma parceria com TikTok, entre os dias 22 e 28 de fevereiro, cada vídeo publicado na plataforma com a canção e a hashtag do desafio #ReflorestaComGil será convertido em uma nova árvore plantada no Instituto Terra.

Diante de números alarmantes - como o aumento de 27% da mata atlântica de 2018 a 2019, no primeiro ano do governo Bolsonaro -, a voz do artista que criou "Refazenda" é uma sementinha de esperança e acalanto.

Em tempos de motosserra e das queimadas, ainda bem que temos a poesia, o lirismo e a candura de Gilberto Gil.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL