PUBLICIDADE
Topo

Pedro Antunes

Anavitória e Duda Beat: 'Não Passa Vontade' é o feat. que o pop precisava

Anavitória e Duda Beat no clipe de 'Não Passa Vontade'
Anavitória e Duda Beat no clipe de 'Não Passa Vontade'
Reprodução / Instagram
Pedro Antunes

Pedro Antunes, ou "Pô Antunes" pra quem só me conhece pelo Instagram, é jornalista, apresentador, curador e crítico de música e cultura pop desde 2010. Escreveu no Jornal da Tarde, Estadão e foi editor-chefe da Rolling Stone Brasil. Fez mais entrevistas do se lembra, tem um "novo disco favorito" por semana e faz mini-análises de álbuns no programa Tem um Gato na Minha Vitrola, no perfil @poantunes.

Colunista do UOL

26/11/2020 22h00

Sabe aquela história de doce com pimenta? Você pode demorar para provar, mas, quando acontece, faz todo o sentido do mundo? É bem por aí.

O feat entre Anavitória e Duda Beat é esse chocolate com pimenta. É doce, é picante. São os versos de Ana Caetano, uma compositora cada vez melhor, aliás, a voz estonteante de Vitória, aliadas à presença atordoante de Duda Beat e a produção de Lux & Troia.

Continua depois da publicidade

Não a novela "Chocolate com Pimenta", mas vocês entenderam, certo?

Essa é "Não Passa Vontade", música lançada na noite de hoje (26), nas plataformas digitais e no YouTube, que pode ser ouvida abaixo.

"Não Passa Vontade" é uma música de tanta entrega e obstinação a um amor ou desejo que parece ter saído das sessões de composição de "Sinto Muito", o disco de estreia de Duda Beat, responsável dar à artista a alcunha de "rainha da sofrência pop". Chique, não é?

Tem um lance de calor em "Não Passa Vontade", não tem? Pele com pele e a saudade desse toque.

Em dueto, Ana e Vitória entregam doçura na interpretação, na primeira metade da canção, enquanto a dupla de produtores formada por Lux Ferreira e Tomas Tróia começa a aquecer os músculos, antes do sprint que dão com a chegada da voz de Duda.

Duda é furacão em voz e alma.

Continua depois da publicidade

Você talvez não soubesse que precisava de chocolate com pimenta. Mas, se provou, não fica sem essa combinação.

O mesmo se dá com esse feat dessas artistas razoavelmente distantes no espectro sonoro do pop brasileiro que, quando enfim se juntam, fazem todo o sentido.

E o clipe faz referências a filmes queridinhos do cinema moderno

O clipe de "Não Passa Vontade" é assinado por Gabriel Dietrich e apresenta o trio em diferentes cenas marcantes do cinema cult contemporâneo. Quase todos os filmes foram lançados neste século. São clássicos indie (alguns, inclusive, disponíveis por streaming aqui no Brasil), sabe?

Elas recriam momentos de adoráveis produções que vão de "Os Excêntricos Tenenbaums", de Wes Anderson, passando por "A Pequena Miss Sunshine", "As Vantagens de Ser Invisível", até "Os Sonhadores", de Bernardo Bertolucci.

Continua depois da publicidade

Há também uma cena do lindíssimo "Encontros e Desencontros", filme de Sofia Coppola, com Bill Murray e Scarlett Johanson.

E é divertidíssimo caçar essas referências todas.

Único filme que não é deste século, aliás, é "Quero Ser John Malkovic", do Spike Jonze, lançado em 2000.

Ou seja, quase, né?

Vocês lembram de qual filme é essa versão da capa aqui abaixo?

Foi um hit e, depois, passou a ter as ações do rapaz bastante questionadas - é sempre bom lembrar.

Digam, nos comentários, qual foi o trecho de filme que vocês mais curtiram?

E aproveitem para encaminhar essa música para aqueles crushes. É uma indiretinha das boas.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL.