PUBLICIDADE
Topo

Receba os novos posts desta coluna no seu e-mail

Email inválido
Seu cadastro foi concluído!
reinaldo-azevedo

Reinaldo Azevedo

mauricio-stycer

Mauricio Stycer

josias-de-souza

Josias de Souza

jamil-chade

Jamil Chade

Chico Barney

Em clima de anos 90, Padre Fábio de Melo dança Lepo Lepo no Domingão

Márcio Victor e padre Fábio de Melo no Domingão com Huck (Reprodução - TV Globo) - Reprodução / Internet
Márcio Victor e padre Fábio de Melo no Domingão com Huck (Reprodução - TV Globo) Imagem: Reprodução / Internet
Conteúdo exclusivo para assinantes
Chico Barney

Entusiasta e divulgador da cultura muito popular. Escreve sobre os intrigantes fenômenos da TV e da internet desde 2002

Colunista do UOL

09/01/2022 20h07

Luciano Huck estreou uma nova programação no Domingão, após cumprir os compromissos previamente acordados na temporada inicial, que serviu quase como tapa-buraco. Pelo menos em teoria, a partir de agora conheceremos melhor o que o apresentador planeja para a faixa.

A principal atração foi o quadro "Acredite em quem quiser", no qual um júri de notáveis tenta descobrir qual dos 3 convidados está contando a verdade. Os jurados fixos são Flávia Alessandra, Luís Miranda e Padre Fábio de Melo, com a companhia de Mariana Santos na vaga rotativa.

Não chega a ser um formato novo, com versões muito similares em outras emissoras e na própria encarnação anterior do Domingão do Faustão, que em vez de histórias colocava os "mentirosos" para copiar habilidades específicas como a dança do ventre ou similares.

Mas ninguém está atrás de novidades em um programa de auditório. A diversão descompromissada é uma boa aposta, apesar do ritmo meio arrastado. A sinergia entre os jurados pode evoluir ao longo dos próximos episódios, deixando o quadro mais divertido.

Quem roubou a cena foi o senhor doutor Padre Fábio de Melo, que continuou no palco junto com seus colegas para prestigiar os números musicais de Pabllo Vittar, Psirico e Luiza Sonza. Lembrou os bons tempos de aleatoriedade e psicodelia nos estúdios do Domingo Legal circa 1996.

Aparentemente constrangido, ficava prostrado na poltrona enquanto todos se divertiam ao som de "Te dou parabéns / quando para a bunda" e outras sucessos pós-modernos do cancioneiro popular.

Em dado momento, o fundamental Márcio Victor do Psirico chamou o padre para dançar o hino Lepo Lepo, viabilizando um pequeno auge da TV dominical.

Quanto mais encontros inusitados e situações pitorescas Luciano Huck for capaz de promover, melhor para a repercussão do Domingão e a alegria da audiência.

Voltamos a qualquer momento com novas informações.