PUBLICIDADE
Topo

Criadora do balanço de design, ela usa tramas manuais para ganhar o mundo

Marta Manente em seu sofá Flag da coleção Leaf - Rodi Goulart
Marta Manente em seu sofá Flag da coleção Leaf Imagem: Rodi Goulart

Carol Scolforo

Colaboração para Nossa

29/03/2022 04h00

Marta Manente

Marta Manente

QUEM É

Marta Manente é tecnóloga em Produção Moveleira, pós-graduada em Design de produto com ênfase em Móveis e decoradora de interiores. Desenha os móveis de sua própria marca, o Studio Marta Manente Design.

Filha de marceneiro, Marta Manente sempre sentiu que tinha no DNA um amor ancestral pela madeira e por sua transformação em móveis. "Aprendi muito com meu pai pelas histórias centenárias que sempre ouvi ele contar enquanto vivenciei desde sempre a vida na marcenaria", conta.

Vem daí a inspiração que a faz multiplicar seus desenhos e envolver artesãos na materialização deles.

"Há mais de 20 anos iniciei minha carreira colaborando com uma empresa de móveis planejados, depois trabalhei com uma grande marca de painéis de MDF com design de superfície", conta.

Cadeira Belize  - Arquivo pessoal - Arquivo pessoal
Cadeira Belize
Imagem: Arquivo pessoal

Era um começo, mas dois anos depois já prestava assessoria em design estratégico para indústrias moveleiras do Brasil e do exterior.

Marta transitou por todos os ângulos do mobiliário: criou coleções de mobiliário residencial, corporativo, de decoração, outdoor e iluminação. Há seis anos, viu que era hora de dar foco também à sua marca de design autoral. Hoje, se orgulha do marco dessa época: foi pioneira ao criar um dos primeiros balanços de design do Brasil, em 2016.

Balanço Gunga - Arquivo pessoal - Arquivo pessoal
Balanço Gunga
Imagem: Arquivo pessoal
Balanço Pérola - Sergio Moss - Sergio Moss
Balanço Pérola
Imagem: Sergio Moss

Os balanços se tornaram algo recorrente, entre as múltiplas formas para outros móveis. "Gosto de misturar técnicas manuais com a alta tecnologia produtiva, isso torna nossos projetos exclusivos", conta.

Para o tramado do balanço Revoar, por exemplo, o trabalho manual de artesãos de sua região, a Serra Gaúcha, se aliou ao reaproveitamento de descartes de fios de couros transformados em franjas, tranças e outros detalhes. O resultado? "Ele já representou o Brasil em semanas de design em Nova York, Milão, Roma, Paris e Estocolmo", diz ela.

Cada projeto que crio é uma evolução de mim mesma, da maturidade de entregar ao mercado uma peça que vai além da estética"

Conforto, manualidade, conceito e tecnologia permeiam o universo da designer.

Recentemente, Marta levou suas peças a Nova York. Criou um contraponto curioso entre o visual da cidade cosmopolita, acelerada, e beleza das tramas — que muitas vezes levam um dia inteiro para surgirem, caso das costas da cadeira Belize, de espaldar alto. Um desenho que tem potência e exalta a mão humana merece mesmo ganhar o mundo.

@s que me inspiram

@patricia_urquiola

Admiro a designer italiana Patricia Urquiola por ser uma mulher de grande sucesso no mundo do design de negócios.

@rossana_orlandi

Rossana Orlandi é outra italiana que admiro por ser grande visionária no cenário do design mundial.