PUBLICIDADE
Topo

Cores e maximalismo escancaram personalidade em casa e apês de São Paulo

Cores e padronagens criam a estética de Carol Pascoal para as decorações - desde a sua kombi até apartamento que vão da Lapa ao Copan - Amanda Francelino
Cores e padronagens criam a estética de Carol Pascoal para as decorações - desde a sua kombi até apartamento que vão da Lapa ao Copan Imagem: Amanda Francelino

Colaboração para Nossa

16/12/2021 04h00

Zebras saltitam graciosas em uma parede. Na garagem, uma kombi rosa estacionada. Uma sacola de grife inspirou toda a pintura do quarto. O mundo de Carol Pascoal é quase um caleidoscópio para os olhos.

Depois de viver 15 anos na Europa, ela voltou a São Paulo com planos maiores: morar e criar espaços de hospedagem, locação e pequenas experiências replicando seu estilo de vida.

Além de sua casa na Lapa, que se abre para edições do Le Pink Vintage Market, há apartamentos no Copan e na Avenida São João com a mesma decoração vibrante.

Carol também dá consultoria criativa para quem quer personalizar seu próprio espaço e sonha com 2022, quando lançará uma plataforma autônoma, a Le Pink Collective. "É uma comunidade para reservar essas experiências, se envolver na criação de movimentos e parcerias criativas", conta Carol, cheia de ideias.

Kombi de Carol Pascoal - Amanda Francelino - Amanda Francelino
Kombi de Carol Pascoal
Imagem: Amanda Francelino

No @carol_lepink veem-se também as collabs que ela lança com marcas de papel de parede — gostou das zebras que pulam? Direção criativa dela.

Meu jeito de decorar é muito emotivo e tem muito do que eu sou. Gosto do garimpo, do maximalismo e das cores"

Porta de entrada da casa de Carol na Lapa (SP) - Amanda Francelino - Amanda Francelino
Porta de entrada da casa de Carol na Lapa (SP)
Imagem: Amanda Francelino

Carol é colecionadora assumida, daquelas que carregam das viagens cartazes, botões e miudezas que se tornam detalhes preciosos nas casas que decora.

"Sempre me encantei com as antiguidades europeias e tenho essa influência do estilo shabby chic. Como estava fora, tinha a nostalgia do Brasil e tentava misturar nossas cores no que fazia", diz ela, que no começo da carreira trabalhou com visual merchandising e depois viu a carreira tomar um viés corporativo.

Casa na Lapa

Em Londres, suas casas eram experimentos para "escoar a criatividade" nas horas vagas. Um dia, porém, Carol se cansou de viver à espera dessa metade de tempo.

Em fevereiro de 2021, de volta ao Brasil, começou a decorar a casa onde mora e os dois apartamentos no Centro de São Paulo. As imagens falam de uma mulher inquieta, que ama arte e padronagens.

Apartamento no Edifício Copan em São Paulo - Arquivo Pessoal - Arquivo Pessoal
Apartamento no Edifício Copan em São Paulo
Imagem: Arquivo Pessoal
Apartamento na Avenida São João, em São Paulo - Arquivo Pessoal - Arquivo Pessoal
Apartamento na Avenida São João, em São Paulo
Imagem: Arquivo Pessoal

Pinturas como as de Juliana Françozo e Alê (Arte Aleatório) reforçam a tese, pela casa toda. "Sou estampada. Minha cabeça está sempre pensando em coisas novas e criando", diz.

No quarto, os desenhos foram inspirados em uma sacola que ela amava — imagine só. Coisas de uma aficionada por estampas.

Dicas de Carol para ousar na casa

Carol no apartamento na Avenida São João, em São Paulo - Amanda Francelino - Amanda Francelino
Carol no apartamento na Avenida São João, em São Paulo
Imagem: Amanda Francelino
  • Reflita sua personalidade. "Precisamos olhar para nós mesmos e fazer com que a casa seja uma extensão de quem somos. As pessoas estão muito tradicionalistas. Saia do branco e do minimalismo. Acredito que todo ser humano é mais que isso. Não tenha medo de tentar cores novas."
  • Mude. "A casa deve ser mutante e contar sua história. Garimpo muito no Facebook Market, digo sempre que é meu 'app de namoro'. Amo brechós como o Asa Brechó, o Casa Rosa e outros do bairro Santa Cecília."
  • Viaje. "Faça um bate-e-volta em Porto Ferreira, uma cidade especializada em cerâmica ótima para comprar pratos, copos, vasos."
  • Experimente em doses. "Antes de ousar demais, teste as coisas em ambientes menores. Assim você vai ganhando coragem."
  • Conheça a si mesmo. "Saber do que você gosta, as peças que ama, é essencial. Você pode basear um cômodo inteiro em um objeto que você ama, como fiz com uma sacola que inspirou meu quarto."

@s que me inspiram

@libertylondon

“A Liberty é muito famosa pelas estampas. William Morris é considerado um dos pais do design de interiores e tem muitas criações nos museus de Londres. Sou fã de tudo o que eles produzem.”

@accidentallywesAnderson

“Amo a simetria, as cores, essa conversa com o design de interiores e a arquitetura que Wes Anderson tem. Ele cria lugares fictícios, trazendo experiências e mostra uma estética bem definida.”