PUBLICIDADE
Topo

Castelo de 200 anos no norte do País de Gales seria mal-assombrado; conheça

Apesar da arquitetura que reproduz a estrutura de construções medievais, o Castelo Gwrych, em Abergele, foi construído no século 19 - Reprodução
Apesar da arquitetura que reproduz a estrutura de construções medievais, o Castelo Gwrych, em Abergele, foi construído no século 19 Imagem: Reprodução

De Nossa

18/10/2021 15h38

Com uma arquitetura imponente e anacrônica, o castelo Gwrych é a principal atração da paisagem de Abergele, no norte do País de Gales. Construído entre 1812 e 1822, o design reproduz e homenageia os castelos medievais que fizeram parte da história da família de seu idealizador, Lloyd Hesketh Bamford-Hesketh.

A proposta inicial era servir como memorial para a família da mãe dele, os Lloyds de Gwrych. No entanto, durante as longas obras, o galês decidiu se mudar para o endereço, onde viveu com sua mulher, Lady Emily Esther Ann Lygon, filha do primeiro barão de Beauchamp.

Uma vez concluído, o castelo era impressionante: com 128 aposentos, sendo destes 28 quartos, ele continha passagens secretas — hoje expostas devido a destruição ao longo dos anos — e cerca de 14,5 quilômetros de muros. As janelas eram feitas de ferro fundido e vitrais.

Castelo Gwrych, no País de Gales (12) - Reprodução - Reprodução
Imagem: Reprodução

Castelo Gwrych, no País de Gales (11) - Reprodução - Reprodução
Imagem: Reprodução

Lloyd deixou o castelo como herança para o filho, Robert, e sua mulher, Ellen. Juntos, eles se mudaram para o local e expandiram ainda mais o terreno do castelo, que passou a incluir igrejas e imensos jardins na década de 1870. O casal passou a herança para a próxima descendente de Lloyd: Winifred, condessa de Dundonald.

Castelo Gwrych, no País de Gales (10) - Reprodução - Reprodução
Imagem: Reprodução

Castelo Gwrych, no País de Gales (9) - Reprodução - Reprodução
Imagem: Reprodução

E parece que ela gostou tanto do endereço que decidiu nunca mais sair de lá — mesmo depois de morrer.

Castelo Gwrych, no País de Gales (5) - Reprodução - Reprodução
Imagem: Reprodução

Castelo Gwrych, no País de Gales (6) - Reprodução - Reprodução
Imagem: Reprodução

Durante os anos em que Winifred e seu marido, o arquiteto britânico Detmar Blow, viveram no local, eles construíram uma escadaria de 52 degraus em mármore que até hoje é marcante no espaço. No entanto, desde que o castelo Gwrych se tornou uma atração turística, na metade do século 20, há relatos de quem tenha "encontrado" com ela.

Castelo Gwrych, no País de Gales (8) - Reprodução - Reprodução
Imagem: Reprodução

Em 1985, o castelo fechou para visitantes e ficou abandonado por diversos anos. Atualmente, o local passa por restaurações para reabrir em 2022. "Já vi e ouvi algumas coisas estranhas", disse o restaurador Mark Baker ao site Insider. Entre elas estaria um círculo luminoso justamente na escadaria construída pela condessa.

Castelo Gwrych, no País de Gales (7) - Reprodução - Reprodução
Imagem: Reprodução

Um dos gerentes do local ainda descreve uma experiência desconcertante no site do Gwrych.

Castelo Gwrych, no País de Gales (1) - Reprodução - Reprodução
Imagem: Reprodução

"Fiquei aterrorizado. Ouvi a corrente de um dos portões principais se mexer um pouco e depois os passos começaram a avançar na minha direção. Estava totalmente escuro no terraço principal e eu estava esperando o eletricista terminar o serviço em outra parte do castelo para trancar tudo. Os passos se aproximaram mais e mais e, de repente, pararam cerca de 30 centímetros na minha frente. Mal consegui respirar, só peguei meu telefone e liguei a lanterna... Mas não tinha ninguém ali."

Castelo Gwrych, no País de Gales (4) - Reprodução - Reprodução
Imagem: Reprodução

Castelo Gwrych, no País de Gales (2) - Reprodução - Reprodução
Imagem: Reprodução

Se a presença do fantasma de Winifred seria uma estratégia da adminstração para receber visitantes não se sabe, mas o youtuber John Walker, do canal Urban Ex Boys, explorou o castelo em 2014 e contou ao Insider que se lembra de uma sensação incômoda, como se estivesse sendo observado junto à escadaria. Será?