PUBLICIDADE
Topo

Com cantinhos criativos, casa ganha clima de campo em plena metrópole

Decoração vintage e rústica criam refúgio de Helka com a natureza em meio a selva urbana de São Paulo - Arquivo Pessoal
Decoração vintage e rústica criam refúgio de Helka com a natureza em meio a selva urbana de São Paulo Imagem: Arquivo Pessoal

Carol Scolforo

Colaboração para Nossa

18/03/2021 04h00

As páginas de um livro estampam a entrada da sala. "Alice no País das Maravilhas", nos desenhos de Yayoy Kusama, está ali, aberto para quem quiser embarcar. As ousadias da publicitária Helka Martin Velloso começam a ser contadas assim, por paredes vividas sem medo ou paradigmas.

A casa de 380 m² onde vive com o marido e o filho, em São Paulo, até a pandemia vivia cheia de gente. É que eles trabalham ali e abriam as portas aos clientes. "Os espaços deviam ser acolhedores para as pessoas ficarem à vontade", conta.

Helka Martin Veloso - Arquivo Pessoal - Arquivo Pessoal
Helka Martin Veloso
Imagem: Arquivo Pessoal

Desde que chegaram, há oito anos, as cores, estampas, móveis e objetos antigos se tornaram trunfos para transformar a decoração em uma atração a mais. "A casa foi escolhida pela arquitetura bem dinâmica, que se desdobra em níveis, por estar em um terreno em declive. Isso me permite criar vários cantinhos diferentes."

Com eles, o cão Jake, dois jabutis, um esquilo da Mongólia e dois periquitos se aventuram pelos jardins e por ambientes que têm a atmosfera gostosa de uma casa de campo — mas em plena capital paulista.

Decor afetiva

Sala superior da casa - Arquivo Pessoal - Arquivo Pessoal
Sala superior da casa
Imagem: Arquivo Pessoal

Da experiência como produtora executiva audiovisual, Helka carregou a vontade de transformar espaços. Com isso, nasceu o Forma: Plural, inicialmente blog e hoje sua empresa de consultoria de decoração e curadoria de peças afetivas. "Nos últimos dois anos sentia falta de fazer algo mais artístico. Decidi seguir por essa direção e mostrar o que tenho feito aqui: restauros, paredes pintadas, cores fortes."

O que faço é encorajar as pessoas para que experimentem transformar suas casas."

Sala de estar - Arquivo Pessoal - Arquivo Pessoal
Sala de estar
Imagem: Arquivo Pessoal
Jardim - Arquivo Pessoal - Arquivo Pessoal
Jardim
Imagem: Arquivo Pessoal

As consultorias surgiram de pedidos nos arredores de querer mudar algo em casa, mas sem saber o que exatamente. "Dou esse estímulo de começar com o que a pessoa tem e que pode mudar de lugar. Assim o morador ganha prática e se sente mais confiante para ousar."

Garimpos curiosos

Escrivaninha na sala de jantar - Arquivo Pessoal - Arquivo Pessoal
Escrivaninha na sala de jantar
Imagem: Arquivo Pessoal

Decoração vintage da garagem - Arquivo Pessoal - Arquivo Pessoal
Decoração vintage da garagem
Imagem: Arquivo Pessoal

Helka também comercializa as peças charmosas que aparecem em sua casa. "Abajur e espelhos tenho aos montes aqui e sempre chamavam muita atenção das pessoas. Eu garimpo desde os quatro anos de idade", ri. Repare na garagem, que ela transformou em sala, com uma cama-sofá em cenário divertido.

Veja ainda uma moldura antiga se tornar quadro para frases importantes e outras ideias empolgantes, criativas. As fotos garantem: se suas paredes são vazias, há muita diversão à espera. Inspirações não faltam aqui.

Garagem da casa com decoração para confraternizações e relaxamento - Arquivo Pessoal - Arquivo Pessoal
Garagem da casa com decoração para confraternizações e relaxamento
Imagem: Arquivo Pessoal

Dicas da Helka para dar personalidade ao lar

Sala de jantar - Arquivo Pessoal - Arquivo Pessoal
Sala de jantar
Imagem: Arquivo Pessoal
  • Experimente. "Sempre aconselho as pessoas a experimentarem o que têm vontade. Não só apostar em cores, mas mudar as funções dos espaços, dos móveis, repensar a necessidade e sair do conceito convencional. Pensar 'por que não?' é um exercício que leva a descobrir seus gostos."
  • Aconchego visual. "Não deixe para usar as louças especiais nos dias de são nunca. Tire do baú as peças que você gosta e dê-se a chance de ter boas lembranças no dia a dia. Às vezes a pessoa carrega um arsenal de família e não usa, só vê quando faz mudança."
  • Cores. "Tenho muitas cores aqui e gosto de brincar com as mais intensas."
  • Mude os objetos de lugar. "Às vezes nos cansamos da casa e mudar de lugar ajuda a renovar a forma como a vemos. Troque mesinhas, objetos, quadros, vasos, brinque com as coisas."
  • Arrisque. "É importante se envolver aos poucos com a decoração, mesmo que você não tenha muita habilidade no faça você mesmo. Assim, criamos autonomia para seguir um caminho autêntico, sem copiar. É uma questão de exercitar e dar o primeiro passo. Os próximos vêm naturalmente."

@s que me inspiram

@annaspiro

“Anna é designer de interiores e tem uma proposta que gosto muito: usar peças antigas com cores em cenário contemporâneo. Não há nada de nostalgia, de atualidade. Gosto muito da forma como ela interpreta os espaços.”

@houseandgardenuk

“Tem referências muito legais, gosto de como usam a dramaticidade nos espaços. Amo também a curadoria de peças bacana, em meio à arquitetura.”