PUBLICIDADE
Topo

Casal acha 66 garrafas de uísque do início do século 20 nas paredes de casa

Garrafa de uísque da era da Lei Seca dos Estados Unidos, encontrada dentro da casa de um casal nos Estados Unidos - Reprodução/Instagram/@bootleggerbungalow
Garrafa de uísque da era da Lei Seca dos Estados Unidos, encontrada dentro da casa de um casal nos Estados Unidos Imagem: Reprodução/Instagram/@bootleggerbungalow

Colaboração para Nossa, em São Paulo

26/11/2020 12h10

Um casal americano encontrou 66 garrafas de uísque do início do século 20, que foram escondidas por um contrabandista durante o período da Lei Seca (1920-1933) no país. As bebidas foram encontradas nas paredes da casa deles, no vilarejo de Ames, a três horas da cidade de Nova York (EUA).

O casal morador da casa, Nick Drummond e Patrick Bakker, pretende provar um pouco do uísque centenário e vender algumas das garrafas que ainda contém bebida alcoólica. O valor estimado para cada uma delas é de US$ 1 mil cada (cerca de R$ 5,3 mil).

Na época da Lei Seca, estava proibida a venda e fabricação de bebidas alcoólicas nos Estados Unidos, mas ainda assim um ramo de vendedores ilegais fornecia álcool aos clientes. Sabendo disso, o casal morador da casa era conhecedor de uma lenda sobre um dos contrabandistas, que supostamente havia construído o imóvel deles em 1915.

Mas só foi durante uma reforma na residência que aquele fato se confirmou. Em entrevista à CNN, Drummond relatou que estava removendo um rodapé da casa quando avistou um pacote misterioso, contendo garrafas de uísque. Mais tarde, outros pacotes também vieram à tona.

No Instagram, o morador compartilhou algumas fotos do achado. "Nossas paredes estão cheias de pacotes de bebida!", escreveu. "Eu não posso acreditar que os rumores são verdadeiros! Ele [o antigo dono da casa] era realmente um contrabandista."

Quem viveu na residência no começo do século 20 foi um alemão chamado Conde Adolph Humpfner, que fez parte de muitos escândalos na região de Ames. Ele teria tido uma morte súbita e deixado para trás sua fortuna e garrafas contrabandeadas.

O casal norte-americano encontrou várias dessas garrafas, incluindo uísque Old Smuggler Gaelic, que é fabricado até hoje.