PUBLICIDADE
Topo

Xixo gaúcho: aprenda a versão mista do espetinho ícone do Sul do país

Marcelo Resende/UOL
Imagem: Marcelo Resende/UOL

De Nossa

18/07/2020 04h00

Pode chamar de espetinho, mas qualquer gaúcho vai dizer que é o bom e tradicional xixo. O nome do combinado de carnes e legumes tem origem na palavra árabe sish, que significa espeto. No Rio Grande Sul, começou a ser feito com as aparas dos grandes cortes de carne levados à brasa. Dispostos no espeto, os nacos pequenos assavam mais rapidamente e se transformaram no aperitivo perfeito para degustar na espera dos assados.

INGREDIENTES

  • 250g de peito de frango sem pele e sem osso
  • 250g de alcatra
  • 250g de de pernil suíno
  • 250g de linguiça toscana
  • 1 cebola
  • 1 pimentão amarelo (pequeno)
  • 1 pimentão vermelho (pequeno)
  • 2 tomates
  • Sal e pimenta a gosto
  • Palitos de churrasco

Rendimento: 5 espetos

MODO DE PREPARO

Com as carnes já limpas, corte cada uma em cubos. Em seguida, corte o pimentão, os tomates e a cebola em quadrados.

Monte os espetinhos nos palitos de churrasco, alternando as carnes junto com os pimentões, os tomates e a cebola. Tempere com sal e pimenta a gosto.

Asse em uma grelha na churrasqueira ou leve ao forno a 200 graus em uma assadeira por cerca de 30 minutos. Caso prefira fazer na frigideira, em fogo médio, deixe as carnes grelharem de 3 a 5 minutos de cada lado.

Sirva com limão (taiti ou siciliano) farofa e condimentos, como maionese temperada.

xixo - Marcelo Resende/UOL - Marcelo Resende/UOL
Imagem: Marcelo Resende/UOL

VAMOS COMBINAR?

Uma farofinha não pode faltar para acompanhar seu xixo, não é mesmo? Para inovar, sugerimos aqui uma versão caprichada e substanciosa que leva pinhão, pimenta biquinho e azeitonas; e uma farofa de ovo.