Não espere o Ano-Novo para começar: 12 equipamentos para treinar em casa já

Começar a praticar atividade física para manter a saúde e a boa forma em dia não precisa ser uma resolução de Ano-Novo. Dar o primeiro passo é tão simples que você não precisa nem sair de casa.

Basta providenciar alguns equipamentos para exercitar os principais grupos musculares do corpo e tomar certos cuidados para passar longe de dores e lesões —especialmente no caso de sedentários e iniciantes.

  • Conjunto de cinco faixas com níveis diferentes de resistência para exercitar os músculos das pernas e dos braços;
  • Inclui correias para tornozelos, apertos de mão e âncora de porta que facilitam o direcionamento a diferentes grupos musculares.
  • Usado para treinar os membros superiores;
  • Modelo fabricado em ferro fundido;
  • Disponível em dez tamanhos diferentes: de 1 kg a 10 kg.
  • Equipamento usado para treinar a musculatura do abdômen e membros inferiores e a capacidade cardiorrespiratória;
  • Feito em EVA para absorver o impacto e evitar contusões;
  • Tem superfície antiderrapante;
  • Medidas: 60 cm de comprimento x 28 cm de largura x 10 cm de altura.
Continua após a publicidade
  • Ajuda a fortalecer músculos das pernas e glúteos;
  • Pode ser usado para exercícios de alta ou baixa intensidade;
  • Tem costuras reforçadas e regulagem de velcro para melhor fixação nas pernas;
  • Disponível em sete tamanhos: de 0,5 kg a 5 kg.
  • Indicado para exercícios localizados para fortalecer os músculos das costas e dos braços, especialmente bíceps e tríceps;
  • Produzido em látex e espuma;
  • Tem 46 cm de comprimento.
  • Com a bola suíça, é possível realizar exercícios para fortalecer e tonificar os músculos do corpo inteiro, melhorando equilíbrio, postura e flexibilidade;
  • Pode ser usada para práticas de pilates e treinamento funcional;
  • Fabricada em borracha de alta resistência, conta com tecnologia antiestouro;
  • Suporta até 300 kg;
  • Inclui bomba.
Continua após a publicidade
  • Ideal para exercícios focados em força e equilíbrio do core (músculos centrais);
  • Feito de PVC, vem com bomba manual;
  • Tem 35,5 cm de diâmetro, 7,6 cm de altura e 1 kg de peso;
  • Disponível nas cores azul; cinza e roxa. Preços podem variar.
  • Ajuda a melhorar o condicionamento físico, queimar calorias e promover sensação de bem-estar;
  • Seu tamanho pode ser ajustado até o comprimento máximo de 3,15 m;
  • É feita de PVC e polietileno;
  • Pode ser usada em superfícies variadas, como asfalto, madeira, areia e grama.
  • Fundamental para a realização de exercícios no solo, como alongamentos para pernas e braços, abdominal, flexão e prancha;
  • Fabricado em espuma de baixa densidade.
  • Impermeável (não absorve a água);
  • Rápido e fácil de higienizar.
Continua após a publicidade
  • O aparelho fortalece as pernas, melhora o condicionamento físico e ajuda a emagrecer;
  • Este modelo conta com painel eletrônico com as funções Velocidade, Tempo, Distância, Calorias e Scan;
  • Capacidade para 100 kg.
  • Ajuda a trabalhar os músculos dos membros superiores e no controle da respiração;
  • Feito de material emborrachado.
  • Ajuda a tonificar, esculpir e fortalecer braços, pernas e músculos abdominais e pélvicos;
  • Feito de fibra de vidro durável com exterior de EVA e revestido de borracha macia;
  • Tem diâmetro interno de 34 cm (38 cm de diâmetro total).

Como treinar em casa

Para garantir a segurança, mesmo treinando sem acompanhamento de um profissional de educação física, é importante organizar a área de treino, se vestir para malhar e dar preferência a exercícios clássicos:

Continua após a publicidade
  • Reserve uma área da casa ventilada o suficiente para que não se entre logo em fadiga por conta do aumento da temperatura do corpo.
  • Espaços de 2 metros por 2 metros são suficientes para realizar os movimentos corretamente sem esbarrar em móveis. E não se esqueça de tirar de perto tapetes e outros acessórios escorregadios.
  • Treinar em casa não significa se exercitar de pijama. Roupas próprias de ginástica facilitam a evaporação do suor e não geram atrito com a pele.
  • Siga as instruções dos fabricantes e use os equipamentos apenas para o que foram desenvolvidos. Gambiarras podem levar a acidentes sérios.
  • Comece sempre com um aquecimento simples de até 10 minutos. Vale corrida no lugar, polichinelos ou skipping (correr no lugar erguendo os joelhos acima da linha do quadril).
  • Concentre-se na postura e dê preferência a exercícios que já conhece. Espelhos ajudam a se manter atento nisso.
  • Comece com cargas e intensidade leves a moderadas e garanta o tempo adequado para o corpo se recuperar após a atividade física -- em geral de 48 a 72 horas por grupo muscular.
Imagem

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes