'Se o cão é o melhor amigo do homem, o vibrador de porquinho é o da mulher'

Vibradores são conhecidos por terem formatos fálicos, ou, então, parecem aparelhos de massagem. Por isso, ao ser apresentada ao porquinho com a língua massageadora, minha primeira atitude foi dar risada. Eu já conhecia modelos de vibradores redondos que são "disfarçados" de polvo ou porco, mas nada como este sex toy.

Visualmente, ele parece um brinquedo: rosa-claro, com um rostinho feliz. Mas, quando você abre a parte de baixo dele, surpresa! Uma espécie de língua aparece se mexe para cima e para baixo. Ele tem seis vibrações diferentes e liga apertando o nariz - sim, é fofo.

O que ele tem?

Mecanismo em formato de língua estimula bem o clitóris - como se fosse o sexo oral - e outras áreas erógenas.

Dispensa pilha. O carregamento é feito via cabo USB.

Como foi testar o porquinho

É quase impossível vê-lo pela primeira vez e não dar uma risadinha que seja.

A grande diferença entre o porquinho e os outros vibradores que estou acostumada é que o do teste não se trata de um sugador de clitóris, e foi esse meu erro em termos de expectativas iniciais.

Com os outros modelos, é costume encostar a parte da sucção direto no clitóris, como se esta parte do corpo fosse engolida pelo aparelho. A dica para usar o porquinho de uma maneira agradável é colocar o artefato perto, mas não grudado no corpo.

Vibrador no formato de porquinho tem uma parte para simular o sexo oral
Vibrador no formato de porquinho tem uma parte para simular o sexo oral Imagem: Fernanda Talarico/UOL
Continua após a publicidade

Para conforto, as melhores posições são deitada ou sentada. Para achar a melhor posição para colocá-lo, pense como se estivesse recebendo sexo oral e o coloque na distância que a língua da pessoa deve estar do clitóris. Uma vez que entendi o funcionamento, deu tudo certo.

Ele acabou demorando mais do que um sugador comum para me levar ao clímax, mas isso não foi ruim. Foi diferente e mais leve. A sensação foi ótima, como se fosse um sexo oral mesmo.

O interessante é que a você tem maior controle da posição e de qual será a vibração para chegar ao orgasmo.

Que perfil gostará mais do porquinho?

Para quem é mais sensível e sente dores quando a vibração é muito forte, é uma ótima pedida, pois a língua é fina e feita de látex. Nas vibrações mais fracas, dá uma sensação muito leve.

Posso dizer que, para as pessoas que gostam mais de estímulos clitorianos, o porquinho será seu novo melhor amigo. Na minha experiência, as sensações de prazer duraram mais tempo do que costuma durar com um sugador de clitóris, por exemplo.

Continua após a publicidade

Aqueles que não tem muita privacidade, ou que dividem a casa ou o quarto com outras pessoas, podem gostar também, pois ele pode ser usado no chuveiro e não faz muito barulho.

O incomodo será na hora de carregar, por ser preciso conectá-lo com um cabo USB. Ou seja, ele fica a mostra, no computador ou na tomada.

Vale a pena?

Considerando o custo do porquinho massageador - menos de R$ 50 - e sua facilidade de lavar e guardar, é uma boa opção para quem gosta de experimentar diferentes sex toys.

Pessoas que não gostam de vibradores com formatos fálicos ou ainda aquelas que nunca usaram um brinquedo sexual também podem gostar. O porquinho pode ser um ótimo iniciador nesse processo de prazer, já que o investimento é baixo.

O modelo foi um dos destaques da live especial com dicas de como escolher o melhor sex toy para você, realizada Guia de Compras UOL recentemente. Todos os produtos estão listados aqui.

Continua após a publicidade

Curte produtos de beleza, moda e achadinhos do momento? Fique de olho na nossa curadoria de produtos: no Monitor de Ofertas UOL, no Twitter (@ofertas_uol), no Telegram (monitordeofertasuol) e nos vídeos do TikTok (@guiadecompras_uol).

Imagem

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes