PUBLICIDADE
Topo

Podcast

UOL São Paulo

O podcast para o torcedor tricolor


ANÁLISE

Texto baseado no relato de acontecimentos, mas contextualizado a partir do conhecimento do jornalista sobre o tema; pode incluir interpretações do jornalista sobre os fatos.

UOL São Paulo #9: Como estilo de Crespo encantou diretoria tricolor

Do UOL, em São Paulo

27/04/2021 16h00

O São Paulo vive excelente momento, com vitórias consecutivas e bom desempenho mesmo quando atua com um time reserva. Muito deste sucesso passa pelas mãos de Hernán Crespo, que encanta a diretoria tricolor com seu estilo e sua forma de trabalhar. O técnico argentino também deixou a torcida animada para, enfim, encerrar o longo período sem títulos do clube.

No podcast UOL São Paulo #9 (ouça na íntegra no episódio acima), o apresentador Pedro Lopes e o repórter Thiago Fernandes falam como o conhecimento do treinador antes mesmo de ele assumir o cargo foi fundamental para a ótima fase da equipe.

Fernandes explica que a admiração da diretoria pelo treinador começou antes mesmo da contratação do argentino, "Uma coisa interessante é que ele conhecia o elenco do São Paulo antes mesmo de assumir o cargo. Houve quatro conversas [nesse período] para discutir o grupo de jogadores e o planejamento para 2021 e nelas o Crespo detalhou o elenco, falou do que precisava e como pensava o futebol do São Paulo e isso animou muito a diretoria, principalmente o Muricy Ramalho. Muito desse conhecimento é preponderante para o que o São Paulo tem apresentado nessa temporada", explicou.

Para o setorista, dois fatores ajudam a entender como o técnico ganhou a confiança dos dirigentes tricolores. "Primeiro é o fato de ele ser estudioso, um cara que gosta muito de tática. Quando a atual gestão assumiu, não pensava na manutenção do Fernando Diniz, que não tinha o estudo tático que a diretoria pensava ser legal. A ideia do Muricy era ter um treinador com bagagem tática para transformar o São Paulo em um time mais forte", afirmou.

A segunda questão está diretamente relacionada às relações interpessoais. "O Muricy viu no Crespo uma manutenção do que o Diniz fazia, que era uma aproximação com os jogadores e ter liberdade. Os atletas têm abertura para conversar com o Crespo. Um caso é o do Vitor Bueno, que aceitou se tornar centroavante e o treinador se dispôs a ensiná-lo a jogar nessa posição", completou.

Ouça o podcast UOL São Paulo e confira também uma análise do legado de Fernando Diniz, principalmente com relação ao uso de jogadores das divisões de base.

Os podcasts do UOL estão disponíveis em uol.com.br/podcasts e em todas as plataformas de distribuição de áudio. Você pode ouvir UOL São Paulo, por exemplo, no Spotify, Apple Podcasts, Amazon Music e YouTube.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL