PUBLICIDADE
Topo

Podcast

Posse de Bola

Programa semanal de futebol com Juca Kfouri, Mauro Cezar Pereira, Arnaldo Ribeiro e Eduardo Tironi


Posse de Bola #89: São Paulo e Flamengo falham, gaúchos crescem e Libertadores

Do UOL, em São Paulo

08/01/2021 12h57

Líder do Campeonato Brasileiro, o São Paulo foi dominado pelo Red Bull Bragantino na última quarta-feira, em jogo que teve ainda um Fernando Diniz acima do tom com Tchê Tchê, a primeira expulsão do time na competição, justamente do jogador em questão, com a situação não tendo sido pior devido à derrota do Flamengo no clássico diante do Fluminense, contando que o Atlético-MG ainda cumprirá a rodada, enquanto o Internacional assume a vice-liderança.

No podcast Posse de Bola #89, os jornalistas Arnaldo Ribeiro, Eduardo Tironi, Juca Kfouri e Mauro Cezar Pereira analisam a disputa pela liderança do Brasileirão, os problemas do São Paulo, os problemas do Flamengo e também a disputa para fugir do rebaixamento, com o Vasco subindo deixando o Bahia entre os quatro últimos. O episódio também analisa a vitória do Palmeiras sobre o River Plate e o empate do Santos com o Boca Juniors na Argentina pelas semifinais da Libertadores.

Analisando o líder do campeonato, Arnaldo Ribeiro cita questões além do gramado no São Paulo, como a troca de presidente, atraso de pagamento de salário, atraso de voo e a possibilidade de o clube sabotar a própria oportunidade que tem de voltar a ser campeão após um longo período de fila, e com o time tendo uma vantagem significativa na liderança.

"O São Paulo, desde que foi para o vestiário eliminado pelo Grêmio da Copa do Brasil, cometeu uma série de erros todos os dias até agora e aí talvez justifique a pergunta 'perder o campeonato para ele mesmo'. São erros de comando, o São Paulo trocou o comando efetivamente, trocou de presidente, trocou algumas peças na direção, não trocou a comissão técnica e os jogadores, claros, porque lideravam o campeonato, eram todos elogiados. Agora, tem uma coisa que essa comissão técnica e esses jogadores não sabem, eles não têm intimidade com a conquista, o treinador do São Paulo nunca conquistou nada, o treinador do São Paulo sob pressão é vocês viram na beira do campo contra o Bragantino", afirma Arnaldo.

"A pista tinha sido dada antes de o São Paulo entrar em campo, na escalação, nas ausências estranhas. Teve problema nessa transição toda de comando, de contrato, de dívida, de voo atrasado, de folga exagerada, então nós estamos aqui no Posse de Bola ao vivo sexta-feira de manhã, o Inter já foi a Fortaleza, ganhou do Ceará e já voltou a Porto Alegre, o São Paulo até agora está de folga, é uma completa ausência de comando", completa.

O jornalista afirma que após uma derrota na qual o placar poderia ter sido pior que os 4 a 2 e a exposição de problemas do time, a direção deveria ter mostrado uma reação ao torcedor do São Paulo, o que não ocorreu.

"O que aconteceu dentro e fora de campo exigiria de um clube com comando uma resposta imediata no dia seguinte, reunião de cúpula, junta todo mundo, Muricy, Raí, presidente novo, Fernando Diniz, Fernando Diniz e Tchê Tchê, Daniel Alves, Juanfran, que não jogou porque tem dívida, e os caras foram para a folga. Tinham acabado de voltar da folga do ano novo e vão ter na semana que vem mais folga. A resposta ao torcedor que está na fila há dez anos foi folga, só não tem a folga na tabela agora", diz Arnaldo.

"Fernando Diniz não é capaz de liderar time nessa situação"

Na opinião de Arnaldo, o São Paulo só vai funcionar com o trabalho de Fernando Diniz tendo intervenções, como ele aponta como importantes em outros momentos e na escalação de jogadores que outrora eram preteridos pelo técnico.

"O Fernando Diniz não é capaz de liderar um time numa situação dessa e ainda mais na fila, ele precisa e precisou nesse tempo todo, 16 meses de São Paulo, de intervenções pós intervenções, ele não é capaz tecnicamente, profissionalmente e psicologicamente, isso está claro, o Fernando Diniz não tem condição de levar o barco sozinho", diz o jornalista.

"O São Paulo está sabotando uma possibilidade talvez inédita de sair da fila via Campeonato Brasileiro, que é o mais difícil, faltando dez rodadas porque não tem comando, não tem gente capaz para isso. Não dá para depender do Fernando Diniz, o Fernando Diniz é um técnico que tem uma nota só e nunca ganhou um campeonato na vida, ele não sabe lidar com essas situações", completa.

Para o jornalista, a própria escalação do time que atingiu a liderança e abriu vantagem na disputa do Campeonato Brasileiro foi algo que ocorreu devido a intervenções da diretoria e que, caso Diniz não seja guiado, pode colocar o título a perder.

"Fernando Diniz foi a Bragança e ele errou em tudo, na semana de preparação, na escalação, nas alterações e na postura na beira de campo, o Fernando Diniz é isso o que vocês viram e para mim não surpreende. O São Paulo só chegou a essa escalação que ganhou a liderança do Brasileiro por uma intervenção da diretoria, não foi via Fernando Diniz, o Fernando Diniz não teria colocado o Luan para jogar como titular, o Fernando Diniz não sabe reagir", afirma Arnaldo.

"Agora, o Fernando Diniz assessorado pode em um campeonato desse ir tocando e administrando uma vantagem de 6 pontos desde que os caras trabalhem. Bem remunerado são, todos eles, até diretor executivo. O São Paulo é a casa da mãe Joana, o São Paulo está de folga depois dos 4 de Bragança Paulista com aquela zona toda. É uma piada", conclui.

Posse de Bola: Quando e onde ouvir?

A gravação do Posse de Bola está marcada para segundas e sextas-feiras às 9h, sempre com transmissão ao vivo pela home do UOL ou nos perfis do UOL Esporte nas redes sociais (YouTube, Facebook e Twitter). A partir de meio-dia, o Posse de Bola estará disponível nos principais agregadores de podcasts.

Você pode ouvir o Posse de Bola em seu tocador favorito, quando quiser e na hora que quiser. O Posse de Bola está disponível no Spotify e na Apple Podcasts, no Google Podcasts e no Castbox . Basta buscar o nome do programa e dar play no episódio desejado. No caso do Posse de Bola, é possível ainda ouvir via página oficial do UOL e YouTube do UOL. Outros podcasts do UOL estão disponíveis em uol.com.br/podcasts.