Mbappé, Bellingham, Haaland, Vinicius Jr.? Quem está pronto para reivindicar trono do futebol?

Por Fernando Kallas

MADRI (Reuters) - Quando Lionel Messi subiu ao palco do Théâtre du Chatelet, em Paris, para receber sua oitava Bola de Ouro de melhor jogador do mundo, em outubro, era inevitável que uma era estivesse chegando ao fim.

Aos 36 anos, ele superou por pouco concorrentes muito mais jovens, como Erling Haaland e Kylian Mbappé, em uma cerimônia que provavelmente será sua última chance de ganhar o prêmio.

Nos últimos 15 anos, tem havido um debate sobre quem é o melhor jogador, Messi ou Cristiano Ronaldo, que têm se revezado para ganhar o troféu. Luka Modric e Karim Benzema foram os únicos dois jogadores a quebrar o duopólio desde 2008.

Agora que ambos se aventuraram em ligas menores ao se aproximarem do fim de suas carreiras brilhantes, 2024 pode finalmente ser o ano do próximo na fila da realeza do futebol.

Haaland, 23 anos, era um dos favoritos para sua primeira Bola de Ouro em 2023, depois de marcar 52 gols em 53 jogos em todas as competições na última temporada, na qual o Manchester City venceu a Liga dos Campeões, a Premier League e a Copa da Inglaterra.

O francês Mbappé, de 24 anos, também se tornou o primeiro jogador desde 1966 a marcar três gols em uma final de Copa do Mundo e esteve perto de vencê-la pela segunda vez consecutiva.

No entanto, a campanha mágica da Argentina no Catar ajudou Messi a arrebatar o prêmio dos atacantes norueguês e francês, adiando a sucessão no futebol por mais um ano.

A DUPLA DO REAL MADRID

Continua após a publicidade

O meio-campista inglês Jude Bellingham, 20 anos, acaba de receber os prêmios Golden Boy e Kopa 2023 depois de um início sensacional no Real Madrid.

Com 15 gols em 16 jogos pelo seu novo clube, ele superou os 14 gols em 42 jogos da última temporada pelo Borussia Dortmund e as conquistas das lendas do Real Madrid, Cristiano Ronaldo e Alfredo Di Stéfano, que marcaram 13 gols em seus primeiros 15 jogos.

Seu companheiro de equipe no Real Madrid, Vinicius Jr., 23 anos, que ajudou o time espanhol a vencer a Liga dos Campeões de 2022 marcando o gol da vitória na final contra o Liverpool, surgiu nas duas últimas temporadas como um jogador de classe mundial.

O jogador é o herdeiro do trono brasileiro, agora que Neymar, 31 anos, também partiu para a Arábia Saudita depois de não conseguir levar o Paris Saint-Germain ao título da Liga dos Campeões durante sua passagem na capital francesa.

O argentino Julián Alvárez, de 23 anos, já é uma figura importante no City de Pep Guardiola, enquanto o espanhol Lamine Yamal, de 16 anos, está impressionando no Barcelona.

Com a melhor parte da temporada chegando, a Eurocopa e a Copa América no ano que vem, o cenário está pronto para aqueles que se sentirem à altura do desafio reivindicar sua posição.

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes