Uefa reformulará Liga dos Campeões feminina e criará uma segunda competição europeia

(Reuters) - A Liga dos Campeões feminina passará por uma significativa reformulação em sua fase de grupos a partir da temporada 2025/26, e uma segunda competição europeia será lançada, afirmou a Uefa neste sábado, ao anunciar mudanças importantes no futebol europeu das mulheres.

As decisões foram acordadas em uma reunião do Comitê Executivo da Uefa em Hamburgo, na Alemanha.

“O Comitê Executivo da Uefa aprovou um novo formato para a Liga dos Campeões feminina, que consiste em uma fase da liga com 18 times, três jogos em casa e três fora, seguida por rodadas de mata-mata”, afirmou a Uefa em um comunicado.

A entidade organizadora do futebol da Europa acrescentou que seu Comitê Executivo também aprovou “a criação de uma segunda competição europeia para os clubes femininos, com as mudanças entrando em vigor na temporada 2025/26”.

A Uefa afirmou que dará mais detalhes sobre as competições em 4 de dezembro.

O formato da Liga dos Campeões feminina foi criticado nos últimos meses.

No atual formato, a Liga dos Campeões tem uma fase de grupos com 16 times, para a qual apenas quatro se classificam diretamente ganhando suas ligas domésticas.

As outras equipes competem em um sistema de playoffs para se classificar para a fase de grupos, o que frequentemente gera eliminações precoces de alguns dos maiores clubes da Europa. Arsenal e Wolfsburg passaram por isso nesta temporada.

(Reportagem de Aadi Nair em Bengaluru)

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes