Topo

Esporte


Seleção de Camarões demite Seedorf após fracasso na Copa Africana de Nações

17/07/2019 11h36

YAOUNDÉ (Reuters) - A seleção de Camarões demitiu o técnico holandês Clarence Seedorf devido ao desempenho decepcionante na Copa Africana de Nações, em decisão tomada após um pedido do ministro dos Esportes do país.

Assistente de Seedorf, o ex-atacante holandês Patrick Kluivert também foi demitido depois que os atuais campeões africanos foram eliminados nas oitavas de final ao perderem de 3 x 2 da Nigéria, no início deste mês.

Os "Leões Indomáveis" só venceram uma de quatro partidas no torneio disputado no Egito, o que levou o ministro dos Esportes, Narcisse Mouelle Kombi, a pedir que a dupla fosse liberada de seus contratos.

O ministro foi atendido dentro de algumas horas na terça-feira, quando a federação de futebol de Camarões anunciou ter encerrado o acordo de quatro anos que Seedorf assinou em agosto de 2018.

A entidade disse em um comunicado que encerrou os respectivos contratos de Seedorf e Kluivert "após a eliminação prematura da seleção masculina de Camarões".

Ex-meio-campista do Milan e da Holanda, Seedorf comandou o time em 12 partidas, mas só derrotou Malaui, Ilhas Comores, Zâmbia e Guiné-Bissau.

O emprego foi seu primeiro à frente de uma seleção nacional depois de passagens breves pelo comando do Milan e do Deportivo La Coruña.

Camarões sediará a próxima edição da Copa Africana de Nações em junho de 2021, mas precisa participar das eliminatórias da Copa do Mundo de 2022, que devem começar no final deste ano.

(Por Nick Said)

Esporte