PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Torcedores mexicanos cancelam parada do "Dia dos Mortos" na Praça Vermelha após reclamações

29/06/2018 18h43

FUT-COPA-MEXICANOS-CANCELAFESTA:Torcedores mexicanos cancelam parada do "Dia dos Mortos" na Praça Vermelha após reclamações

MOSCOU (Reuters) - Torcedores mexicanos cancelaram nesta sexta-feira uma parada temática do Dia dos Mortos na Praça Vermelha, em Moscou, após parlamentares comunistas desaprovarem a realização do evento tão próximo ao túmulo de Lênin.

Uma atmosfera de Carnaval tomou conta de partes da capital, conforme milhares de torcedores chegaram à cidade para assistir à Copa do Mundo.

Torcedores do México, que avançou às oitavas de final, haviam planejado uma festa na zona reservada para eles na cidade, seguida de um desfile nas ruas até a Praça Vermelha, a várias centenas de metros de distância.

Mas um dos organizadores disse que foram informados por autoridades após o meio-dia desta sexta-feira para realizarem a parada e o evento dentro de local fechado, sem explicar o motivo.

Sergei Malinkovich, vice-chefe do Partido Comunista da Rússia, disse que pessoas vestidas de esqueletos – um dos símbolos tradicionais do feriado mexicano no qual famílias honram seus entes que já faleceram – não deveriam ter permissão de marchar no que seu partido chamou de solo “sagrado”.

“Por que deveríamos ter algum tipo de esqueleto lá?”, disse Malinkovich.

O corpo do fundador soviético Vladimir Lênin está embalsamado em um túmulo de mármore na praça e líderes soviéticos e dignitários estão sepultados nas paredes do Kremlin.

O partido de Malinkovich havia pedido ao Ministério do Interior para impedir torcedores de realizarem a parada, disse, argumentando que isto poderia provocar confrontos violentos com patriotas russos.

“Cidadãos russos na praça iriam quase certamente tentar pará-los. Haveria conflitos para dizer o mínimo, e talvez confrontos”, disse.

Esporte