Samuel Pupo cai nas quartas em Margaret e está fora da elite

No encerramento da etapa de Margaret River do Circuito Mundial de surfe, na Austrália, o brasileiro Samuel Pupo acabou eliminado nas quartas de final do evento e se despediu da elite da modalidade nesta temporada. Além disso, o Brasil sairá sem pódio na competição, já que Caio Ibelli e Ítalo Ferreira pararam na fase de oitavas.

Entre os oito melhores colocados em Margaret, Samuel perdeu o confronto para o havaiano John John Florence. Com direito a duas ondas acima de 8.00, o surfista rival terminou com o somatório de 16.26, contra 14.17 do brasileiro. Anteriormente, Caio foi superado pelo sul-africano Jordy Smith, em um placar final de 14.27 a 7.34. Por fim, fechando a participação brasileira no dia, Ítalo caiu diante do australiano Jack Robinson, que venceu a disputa por 15.13 a 11.87.

Agora, Caio Ibelli e Samuel Pupo terão que passar pelo Challenger Series para buscar uma nova classificação ao Circuito Mundial em 2025, assim como os brasileiros Deivid Silva e Miguel Pupo. Por outro lado, o Brasil segue vivo nas próximas etapas com a presença de Gabriel Medina, Ítalo Ferreira e Yago Dora. No feminino, Tatiana Weston-Webb foi a única brasileira que acabou no top-10 da World Surf League (WSL). Luana Silva, por sua vez, ficou no 11º lugar e estará fora da elite após o corte do meio da temporada.