Barueri desencanta e conquista primeira vitória na Superliga

Após fazer bons jogos, mas não conseguir sair da zona de rebaixamento, finalmente o Barueri conseguiu sua primeira vitória na Superliga Feminina 2023/2024. Com uma grande atuação no bloqueio, a equipe venceu o Bluvôlei fora de casa por 3 a 1, com parciais de 25/21, 25/14, 20/25 e 26/24. No segundo jogo da noite, o Unilife Maringá venceu o Brasília Vôlei por 3 a 1, com parciais de 25/19, 25/27, 25/22 e 25/19.

+ Compartilhe no WhatsApp+ Compartilhe no Telegram

O primeiro set da partida foi equilibrado, mas em momentos decisivos, o Barueri foi melhor para abrir 1 a 0 no placar. Em seguida, a equipe paulista dominou a segunda parcial, com o sistema defensivo da equipe brilhando para não deixar o Bluvôlei virar bolas no ataque. As donas da casa reagiram no terceiro set, com uma grande atuação de Ivna para garantir a vitória blumenauense na parcial. No quarto set, as equipes deram tudo de si em quadra, mas ao final, o Barueri confirmou a sua primeira vitória na Superliga com um 26/24.+ Ygor Coelho ganha o bronze no Challenge do Canadá de badminton+ André/George e Duda/Ana Patrícia ficam com o bronze no Finals+ Minas vence no tiebreak e vai disputar a final do Mundial de Clubes de vôlei+ SIGA O OTD NO YOUTUBE, TWITTER, INSTAGRAM, TIKTOK E FACEBOOK

As duas líberos tiveram um bom desempenho em quadra e Paulina, do Barueri, foi eleita a melhor da partida. "Sabíamos que ia ser um jogo muito difícil, ainda mais fora de casa. Mas a gente estudou e treinou muito. Fico muito feliz de ter ajudado a equipe e ser a melhor do jogo, mas esse troféu e de todo mundo pela união que a gente teve de sair da dificuldade que foi esse último set", analisou a líbero do Barueri após receber o Troféu Viva Vôlei.

Tamaki brilha e ganha seu primeiro Viva Vôlei

(Foto: Fernando Teramatsu)

Principal contratação do Unilife Maringá na temporada, a levantadora japonesa Tamaki Matsui vem aos poucos ganhando entrosamento com as colegas do time paranaense. E a atleta teve um grande desempenho no duelo deste sábado, diante do Brasília Vôlei, onde o Maringá venceu por 3 a 1, com parciais de 25/19, 25/27, 25/22 e 25/19. Dani Cechetto foi a maior pontuadora do jogo, com 19 acertos, enquanto Tamaki recebeu o Troféu Viva Vôlei, o seu primeiro desde que começou a jogar na Superliga Feminina.

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes