Minas vence anfitriões na estreia do Mundial de Clubes

Deu para o gasto. Sem fazer uma performance excepcional, o Itambé Minas estreou com vitória no Campeonato Mundial de Clubes de vôlei masculino. Disputado em Bangalore, na Índia, o Ahmedabad Defenders representou o país anfitrião do torneio. Com 3 sets a 0 (25/22, 25/23 e 25/19), os brasileiros levaram a melhor e encaminharam a classificação para a próxima fase. 

+Tabela do Mundial de clubes de vôlei masculino 2023 

Michael Sanchez foi o maior pontuador da partida. O oposto do Minas marcou 20 pontos em todo o confronto. O central Paulo terminou em segundo nesse quesito com 10 bolas derrubadas na quadra adversária. Enquanto isso, o ponteiro Marcus Coelho ficou bem perto dos dois dígitos, mas somou apenas 9 pontos.

Minas, Ahmedabad Defenders e Perugia Volley formam o grupo A do Mundial de Clubes. Com a vitória diante dos indianos, os minastenistas têm encaminhada sua vaga para a semifinal. Isto porque Defenders e Perugia vão se enfrentar na última rodada e os italianos são principais favoritos ao título do torneio. Sendo assim, mesmo com uma derrota para o gigante da Itália nesta quinta-feira (7), os brasileiros devem garantir a segunda posição da chave.     

O jogo

O Minas começou a partida se impondo. Iniciando vencendo os primeiros pontos, a equipe minastenista já conseguiu uma distância no placar. Apesar disso, durante a primeira parcial, sofreu bastante com os saques de viagem dos indianos. Ademais, o time brasileiro apostou em sacar taticamente, mas errou bastante nesse quesito e os rivais abusaram nas bolas com centrais.

+ SIGA O OTD NO YOUTUBE, TWITTER, INSTAGRAM, TIKTOK E FACEBOOK

Mesmo assim, o Minas conseguiu achar em Sanchez uma válvula de escape para os ataques oriundos de recepções ruins. Dessa forma, a diferença seguiu até o 1 a 0 vir com 25 a 22.

As coisas ficaram um pouco mais difíceis no segundo set. O Minas forçou muito no saque e, consequentemente, errou bastante. Os rivais permaneceram com a mesma tática e, assim, ficaram na cola dos brasileiros no placar durante toda a parcial. Na retal final, os mineiros ajustaram os side outs e venceram pela diferença mínima: 25 a 23. 

Continua após a publicidade

A equipe pareceu mais solta no último set. Embora tenha começado atrás do placar, o Minas conseguiu uma boa sequência com uma passagem de Isaac no serviço e conseguiu uma distância de seis pontos, a maior do jogo inteiro. Depois disso, só administrou a vantagem até fechar em 25 a 19.

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes