PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Custando 5 R$ milhões a menos, Rony ultrapassa Borja e já tem três gols a mais pelo Palmeiras

Esporte News Mundo (redacao@esportenewsmundo.com.br)

01/07/2022 08h00

O atacante Rony vive um grande ano de 2022 pelo Palmeiras, sendo artilheiro do time na temporada, ao lado de Raphael Veiga. Após os dois gols marcados nesta quarta-feira (29), na vitória por 3 a 0 sobre o Cerro Porteño (PAR) pela Libertadores, ele chegou a 39 gols pelo clube.

Com isso, já são três gols a mais que o centroavante colombiano Miguel Borja teve em sua passagem pelo Verdão (2017-2019). Até hoje, ele é a contratação mais cara da história do clube, tendo balançado as redes 36 vezes em 112 partidas disputadas.

Rony já jogou 138 partidas (112 como titular) e conquistou seis títulos, tendo, além dos seus gols, dado 14 assistências. Uma delas, inclusive, para o atacante Breno Lopes marcar o gol do título da Libertadores 2020, no Maracanã. Portanto, o camisa sete já é mais querido pela torcida, tem mais gols, assistências e títulos.

E tudo isso com a sua transferência tendo custado R$ 5 milhões a menos do que o colombiano. Em fevereiro de 2020, a saída do camisa 7 do Athletico custou cerca de R$ 28 milhões aos cofres alviverdes. Já Borja foi contratado junto ao Atlético Nacional (COL), em fevereiro de 2017, por cerca de R$ 33 milhões, valor que foi 100% pago pela Crefisa, à época.

+Palmeiras chega a marca de 19 jogos sem perder fora de casa na Libertadores

E é importante ressaltar que o atual goleador alviverde vem atuando como uma espécie de centroavante, posição de Borja, desde pelo menos o meio do ano passado. Portanto, as funções em campo vem sendo razoavelmente parecidas.

O ex-jogador alviverde está com venda encaminhada para o River Plate (ARG), e a imprensa argentina fala em uma quantia de U$ 7 milhões (cerca de R$ 37 milhões na cotação atual) pela transferência, ficando o Verdão com metade do valor. O Junior Barranquilla, seu clube atual, ficaria com a outra metade.

Para saber tudo sobre o Palmeiras, siga o Esporte News Mundo no TwitterFacebook e Instagram.

Em Libertadores, Rony ultrapassou Raphael Veiga e é, atualmente, o maior artilheiro do clube na história da competição, com 16 gols, cinco a mais que o ex-camisa 9. É também quem mais fez gols pelo time no Brasileirão atual, com sete bolas na rede, apenas duas a menos do que o goleador máximo do torneio, Calleri, do São Paulo.

Futebol