PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Thiago Galhardo afirma que não quer voltar ao Internacional

Esporte News Mundo (redacao@esportenewsmundo.com.br)

29/06/2022 09h27

Em meio as disputas do Campeonato Brasileiro e da Copa Conmebol Sul-Americana, o Internacional também já pensa na reformulação do elenco. Com a janela de transferências próximas de se abrir, o Colorado já estuda contratações e também possíveis retornos. No entanto, um jogador que era aguardado, afirmou não querer voltar ao time gaúcho: o atacante Thiago Galhardo.

Emprestado ao Celta de Vigo, da Espanha, na última temporada, Thiago Galhardo é aguardado nesta sexta-feira (01), para reapresentação no Beira-Rio. Com contrato junto ao Internacional até o final do ano, o técnico Mano Menezes pretendia testar o centroavante, em virtude da instabilidade das atuações dos centroavantes.

No entanto, está não é a vontade de Thiago Galhardo. De férias no Rio de Janeiro, o atacante foi a uma premiação e, em entrevista, não escondeu o desejo de seguir longe de Porto Alegre. Entre risadas, afirmou, inclusive, que o objetivo é seguir fora do país.

– Não quero voltar não, mas tudo indica que sim. Todo mundo sabe que eu tenho contrato com o Inter. Não é um desejo meu. Mas, por outro lado, esse tempo fora me fez sentir saudades dos meus filhos, fique nove meses e meio sem os ver. É a única coisa que hoje mexe comigo e me motiva para poder voltar. Desejo permanecer fora, ter vivência e aqui a gente acaba sobrevivendo ao futebol brasileiro. Não sei o que vai acontecer. Pode ser que se feche alguma coisa nas próximas horas ou dias, mas o desejo seria sim continuar fora – disse Thiago Galhardo, em entrevista ao “Goal Brasil” durante o prêmio “Fui Clear 2022”.

Para saber tudo sobre a Internacional, siga o Esporte News Mundo no TwitterFacebook e Instagram.

Agora, a expectativa é ver como o Internacional reagirá a essa entrevista de Thiago Galhardo. Nas redes sociais, torcedores do clube cobraram o atacante afirmando ter sido um “desrespeito ao clube”. Além disso, alguns Colorados entendem que se tornou inviável qualquer nova oportunidade ao atacante. Até segunda ordem, no entanto, o jogador segue obrigado a se reapresentar ao final desta semana.

Futebol