PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Deiveson comemora resultado de mudanças para trilogia contra Moreno: "Mais forte do que antes"

Esporte News Mundo (redacao@esportenewsmundo.com.br)

20/01/2022 14h18

Para fazer a trilogia contra Brandon Moreno, neste sábado (22) pelo UFC 270, Deiveson Figueiredo recorreu a uma mudança radical: deixou o Pará para se mudar para os Estados Unidos, onde realizou o camp para o duelo válido pelo cinturão dos moscas

Treinando ao lado de Henry Cejudo no Arizona, o brasileiro valorizou o resultado em treinos do que as mudanças o proporcionaram. Sentindo-se um ‘animal fora da jaula’. o ‘Deus da Guerra prometeu chegar bastante diferente à luta do final de semana, sem sofrimentos como foram nos dois duelos anteriores com o mexicano.

LEIA TAMBÉM

+ Cyril Gane relembra treinos com Ngannou e revela maior perigo de rival

+ Dustin Poirier mira futuro de 'lutas divertidas' dentro dos meio-médios do UFC

– Mudou muita coisa. Estou treinando no PI (Instituto de Performance do UFC), eles fazem estudos para saber onde estão meus defeitos. Vem a nutrição deles, mas eu também trouxe meu nutricionista lá de Belém. Deixei para trazê-lo um pouco em cima da hora, mas ele já está comigo há duas semanas corrigindo alguns erros, até porque temos a nutrição, mas não o acompanhamento. Ele está fazendo a minha comida, vendo se estou cansado ou não. Estou acertando isso 100% – afirmou Deiveson ao podcast Mundo da Luta.

– Estou numa nova família, num recomeço, estou mais forte do que antes e pode ter certeza que eu vou levar esse cinturão para casa, Estou numa autoconfiança que, quando me sinto assim, o animal está para fora da jaula. Podem ter certeza que vai ter pressão, tempo ruim o tempo todo – completou o paraense.

Depois de um empate na primeira luta e da derrota na segunda, o terceiro duelo será o ‘tira-teima’ entra o brasileiro e o mexicano. A confiança de Deiveson na vitória é tanta que, em sua crença, não fará o duelo se distanciar tanto em duração para conseguir voltar a reinar nos moscas do UFC.

– Quero sair o mais rápido possível do octógono. Acho que a gente vai poder resolver essa luta em até três rounds – declarou o ‘Deus da Guerra’.

Futebol