PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Opinião: Tiago Nunes tem apenas uma vitória no comando do Ceará, mas a culpa não é somente dele

Esporte News Mundo (redacao@esportenewsmundo.com.br)

24/10/2021 10h00

Quase dois meses depois de assumir o comando técnico do Ceará, Tiago Nunes ainda não conseguiu uma sequência de vitórias, tampouco levou o alvinegro de volta para a parte de cima da tabela. Com a torcida para que conseguisse ajudar a equipe a mostrar mais do que vinha fazendo com o ex-treinador Guto Ferreira, o gaúcho venceu apenas um jogo desde que está à frente do clube, mas mostra evolução.

+ Para saber tudo sobre o Ceará, siga o Esporte News Mundo no Twitter, Instagram e Facebook.

Com nove jogos disputados, o Ceará de Tiago Nunes possui uma vitória, cinco empates e três derrotas. Sempre mudando as escalações seja por opção técnica ou por força maior, o time não consegue resultados positivos e se vê na 14ª colocação do Campeonato Brasileiro, com 32 pontos.

Quem analisa apenas números, entende que o trabalho de Tiago Nunes é péssimo. Com o Alvinegro precisando se distanciar da zona de rebaixamento, mas com um aproveitamento pífio nos últimos jogos, a torcida já pede, inclusive, a saída do técnico.

Quem analisa futebol em campo, vê um Ceará mais agressivo, melhor que os adversários quando atua na Arena Castelão, buscando a vitória, mas com um grande problema: a falta de efetividade. Em todos os últimos jogos da equipe, o Alvinegro de Porangabuçu teve ao menos duas chances claras de gols para marcar. Vina, Erick, Lima, Cléber e até Jael (reserva) perderam boas oportunidades. Contra Red Bull Bragantino, Atlético-MG e Palmeiras, foi o Vozão quem levou perigo antes de sofrer tentos. Mas novamente a finalização foi o problema. Um erro recorrente há varias rodadas.

Além de um setor ofensivo que vem pecando, a defesa do Ceará acumula falhas e mais falhas individuais. Contra o Massa Bruta, o lateral-direito Igor saiu jogando errado no primeiro gol sofrido e Richard falhou no segundo. Contra o Atlético-MG, no Mineirão, a equipe perdeu uma bola no meio-campo que originou a jogada de contra-ataque do Galo e, consequentemente, sofreu o gol. Quando sofreu o primeiro gol do Palmeiras, foi em falta de Messias próximo a grande área, no fim do primeiro tempo. O defensor, ao lado de Luiz Otávio não vive boa fase, diferentemente de Gabriel Lacerda, que é o único que vem correspondendo. Contra o São Paulo, com a equipe à frente do placar, mais uma falha grotesca. Erros e mais erros em campo que não refletem aquilo que Tiago Nunes pede para o grupo executar.

O jornalista Mário Kempes escreveu em seu blog, uma análise após a partida diante do Juventude, e é exatamente o que vem acontecendo com o Vozão nos últimos jogos: "O Ceará vive o inexplicável momento em que joga bem e não ganha, joga mal e não perde, e segue perto do Z4."

Contra o time Jaconero, o Vozão fez um primeiro tempo fraco, sem uma finalização ao gol de Douglas. No segundo tempo, voltou melhor e teve oportunidades de balançar as redes. Erick e Jael perderam, mais uma vez. Outra partida sem vencer como visitante.

Em entrevista coletiva pós-jogo, Tiago Nunes reconheceu que sabe que o torcedor está insatisfeito com a campanha feita até aqui, bem como em ver o Fortaleza em um ótimo momento, mas que a equipe ainda tem muito a evoluir em alguns aspectos, principalmente na mentalidade.

? Sei que o torcedor do Ceará não está feliz, está insatisfeito, não só pela campanha, que tinha uma expectativa muito maior de competir em outro patamar dentro da competição, mas também pelo momento que nosso rival passa. Sei que isso atrapalha também a questão do nosso torcedor. Mas temos que ter os pés no chão, saber que temos um grupo competitivo, com condições de buscar os objetivos que foram traçados pela direção. Temos muito que evoluir, muito que melhorar em vários aspectos, principalmente nossa mentalidade ? afirmou

Claro que algumas escolhas nas escalações e substituições são bastante questionáveis, mas continuo acreditando que a culpa da má fase não é exclusiva de Tiago Nunes. No Brasil, quando nada dá certo em um time, as críticas (incluindo da imprensa) vão principalmente para o treinador. Sempre é mais fácil trocar um, que todo um elenco. Mas há de se ressaltar, que comandante nenhum entra em campo.

Futebol