PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Com números negativos, Nuno Espírito Santo está sob pressão no Tottenham

Esporte News Mundo (redacao@esportenewsmundo.com.br)

27/09/2021 14h07

A derrota para o Arsenal, no último domingo (26), pela 6ª rodada da Premier League, reforçou ainda mais a fase negativa do Tottenham, que já acumula três derrotas seguidas na elite do futebol inglês. Além disso, o jejum de vitórias já dura cinco partidas, uma vez que a equipe não conseguiu superar Wolverhampton, pela Carabao Cup, e Rennes, na Conference League. O momento vivido pelo Tottenham tem consequência negativa sobre Nuno Espírito Santo, que tem acumulado números negativos.

Após a rodada deste final de semana, a emissora inglesa Sky Sports passou a limpo o momento vivido pelo Tottenham e destacou todos os aspectos negativos da equipe de Nuno Espírito Santo, que não tem conseguido dar fim à fase ruim. Um dos pontos mais criticados pela emissora inglesa foi a dificuldade do Tottenham finalizar no gol adversário, sendo o pior da Premier League nesse quesito. Com uma média de 9,2 finalizações por jogo, os Spurs ameaçam menos os adversários do que Burnley e Norwich City, que sequer venceram na competição.

Siga o Esporte News Mundo no TwitterInstagram e Facebook

A resposta para o número baixo de finalizações pode ser explicado pela dificuldade que o time tem na criação de jogadas. Ainda de acordo com a Sky Sports, o Tottenham também lidera esse quesito de maneira negativa, tendo pouco mais de cinco jogadas criadas por partida. O outro aspecto negativo liderado pelos Spurs é o fato de ser a equipe que menos corre em campo durante os 90 minutos de um jogo.

Além de encontrar dificuldades para criar e finalizar jogadas, o Tottenham também tem sido um time que facilmente é ameaçado pelos adversários. De acordo com os números apontados pela Sky Sports, a equipe sofre, em média, 18 finalizações, sendo a 19ª pior nesse quesito dentre as 20 equipes que disputam a Premier League.

Em coletiva de imprensa depois da derrota para o Arsenal, o técnico Nuno Espírito Santo assumiu toda a responsabilidade pela fase ruim vivida pela equipe, embora tenha destacado que os problemas serão resolvidos internamente. O treinador português chegou ao clube no começo da temporada após obter destaque no comando do Wolverhampton, aonde ficou por quatro temporadas. Após a saída de José Mourinho, a diretoria do Tottenham ainda cogitou a contratação de outros treinadores como Maurício Pochettino e Antonio Conte, mas não chegou a um acordo.

Futebol