PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Estádios do Reino Unido poderão receber até 10 mil pessoas a partir de maio

Wembley pode ter torcedores na final da Copa da Inglaterra - Divulgação/Wembley Stadium
Wembley pode ter torcedores na final da Copa da Inglaterra Imagem: Divulgação/Wembley Stadium

Da EFE

De Londres, Inglaterra

23/02/2021 00h04

O Reino Unido permitirá que até 10 mil torcedores assistam a partidas de futebol nos estádios a partir de 17 de maio, anunciou nesta segunda-feira o primeiro-ministro britânico, Boris Johnson.

Com a medida, será possível haver torcida na última rodada da primeira divisão do Campeonato Inglês, mas as semifinais e a final da Copa da Inglaterra, em Wembley, serão disputadas com portões fechados.

De acordo com o roteiro estabelecido por Johnson, que estabelece uma meta para a suspensão de todas as restrições em 21 de junho, os estádios com grande capacidade, como Wembley, poderiam acomodar um máximo de 10 mil pessoas a partir de 17 de maio.

Isso seria um impulso bem-vindo antes da Eurocopa, marcada para junho, já que há sete partidas pelo torneio programadas para Londres - três jogos da fase de grupos, uma das quartas de final, as duas semifinais e a final.

Para eventos realizados em ambientes fechados, a capacidade máxima será de 1 mil espectadores, enquanto os estádios que não atendam a especificidades de grandes locais, terão permissão para receber 4 mil pessoas.

Outro evento que será afetado pelas novas medidas será o torneio de tênis Wimbledon, que abre suas portas em 28 de junho, sete dias após a suposta entrada da normalidade no Reino Unido e vem trabalhando há algum tempo com a possibilidade de realização com capacidade reduzida.

Todas as medidas anunciadas por Johnson estão sujeitas ao progresso do combate ao vírus e da vacinação no país, onde já existem mais de 17 milhões de pessoas que receberam a primeira dose.

Esporte