PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Mathieu critica vestiário do Barcelona: 'Quando erra, ninguém fala contigo'

Jeremy Mathieu, zagueiro do Barcelona - Curto de la Torre/AFP
Jeremy Mathieu, zagueiro do Barcelona Imagem: Curto de la Torre/AFP

Colaboração para o UOL, em São Paulo

22/02/2021 20h00

Em entrevista para o programa 'Tu Diràs', da RAC1, o ex-zagueiro Jérémy Mathieu comentou sobre como funciona o vestiário, bastidores e pós-jogo no Barcelona. Segundo o defensor francês, 'falta companheirismo' em determinados momentos, principalmente quando acontecem erros individuais.

"É verdade que falta um pouco isso (companheirismo) no vestiário do Barça, você tem que aprender que funciona assim, que você fica um pouco solitário, mas não acontece nada, tem que treinar mais que todo mundo e pronto", disse ele, que completou:

"No vestiário do Barça, ninguém está com você, para mim não é futebol de clubes. Todo mundo o mata, faz parte do futebol. Você tem que ser o mais positivo para reverter a situação."

Ainda no assunto, Mathieu disse que entende o atual zagueiro Lenglet, que errou ao cometer um pênalti na partida contra o Cádiz, pelo Campeonato Espanhol. Para justificar seu argumento, ele recordou a partida contra a Juventus, na Liga dos Campeões de 2016-17.

"No Sporting vinham falar comigo quando acontecia alguma coisa, mas no Barça nada. Eu precisava de um pouco de carinho. Por exemplo, quando você comete um erro grave, ninguém fala com você no dia seguinte, nem uma frase. Luis Enrique também", finalizou.

Griezmann errou!

Na mesma entrevista, o ex-jogador, que atuou no Barcelona de 2014 a 2017 revelou que acredita que o atacante Griezmann errou ao deixar o Atlético de Madri para atuar nos culés. Em seu ponto de vista, o francês tinha um protagonismo no antigo clube, o que não possui com os comandados de Ronald Koeman.

"Griezmann não está ao nível do Atlético, pessoalmente na minha opinião é um erro ter vindo para o Barcelona. Lá ele foi uma peça muito importante e não sei se ele tem essa importância no Barcelona. E então, se está bom ou não em Barcelona também é importante", explicou.

Esporte