PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Maradona era "alma atormentada, mas deleitou o mundo", diz presidente do COI

26/11/2020 12h47

Redação Central, 25 nov (EFE).- O presidente do Comitê Olímpico Internacional (COI), o alemão Thomas Bach, se pronunciou nas redes sociais sobre a morte de Diego Maradona e o definiu como "uma alma atormentada" que encantou o mundo como jogador de futebol.

O eterno craque argentino está na lista de grandes atletas que nunca participaram dos Jogos Olímpicos, como Pelé, Kareem Abdul-Jabbar e Bjorn Borg.

"Adeus Diego. Uma maravilha de todos os tempos. Você foi uma alma atormentada, mas deleitou o mundo inteiro com suas habilidades futebolísticas únicas. RIP (sigla em inglês para "descanse em paz")", escreveu o dirigente. EFE

nam/id

Esporte