Topo

Esporte


Argentina impede "barra bravas" de viajarem ao Brasil para a Copa América

Argentina faixa barra bravas - Gabriel Rossi/Getty Images
Argentina faixa barra bravas Imagem: Gabriel Rossi/Getty Images

17/06/2019 20h18

As autoridades da Argentina informaram hoje que impediram sete barra bravas de viajarem ao Brasil para acompanhar a Copa América.

Segundo o Ministério de Segurança da Argentina, os barra bravas, que torcem para o River Plate e Deportivo Merlo, da quarta divisão, tentaram embarcar no aeroporto de Ezeiza, o principal de Buenos Aires, e já haviam sido proibidos de entrar nos estádios do país.

Em comunicado, o governo da Argentina não informou quando os torcedores foram impedidos de viajar ao Brasil. A nota se limita a afirmar que as proibições ocorreram com base em um acordo de cooperação assinado pelos dois países nas últimas semanas.

O acordo foi assinado em Buenos Aires pelo ministro de Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, e pela ministra de Segurança da Argentina, Patricia Bullrich. O presidente da Conmebol, Alejandro Rodríguez, também participou do evento.

Alguns desses torcedores tentaram viajar ao Brasil em voos particulares, enquanto outros optaram por voos comerciais, mas evitando as companhias aéreas da Argentina. No entanto, acabaram identificados por funcionários do serviço de migração, que os impediram de embarcar.

Na sexta-feira, dois barra bravas do Almirante Brown, da terceira divisão do Campeonato Argentino, conseguiram chegar ao Rio de Janeiro, mas foram deportados pouco depois de desembarcarem no Galeão.

Mais Esporte