PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Botafogo joga em vantagem na Argentina pela Sul-Americana após golaço de Erik

19/02/2019 16h00

Buenos Aires, 19 fev (EFE).- Após ter derrubado uma invencibilidade de 17 jogos do Defensa y Justicia com uma vitória por 1 a 0 há duas semanas, no Estádio Olímpico Nilton Santos, o Botafogo tentará fazer valer a vantagem conquistada em casa e obter a classificação para a segunda fase da Copa Sul-Americana nesta quarta-feira, em Buenos Aires.

O Defensa vem encantando na Argentina, briga cabeça a cabeça com o Racing pelo título do campeonato nacional - no momento, os times têm 45 pontos cada - e estava desde outubro sem perder. O Alvinegro, ao contrário, começou mal o Campeonato Carioca e não se classificou para as semifinais da Taça Guanabara, o primeiro turno da competição.

Apesar dos momentos opostos, quando a bola rolou no Rio de Janeiro no último dia 6, o time dirigido por Zé Ricardo teve boa exibição contra a equipe argentina e venceu graças a um lindo gol do atacante Erik nos acréscimos do segundo tempo.

Com isso, para avançar, o Glorioso pode até perder por um gol de diferença no estádio Norberto Tomaghello, desde que balance a rede. Caso o 'Halcón' devolva o placar de 1 a 0, a vaga será decidida nos pênaltis.

Para o jogo em Buenos Aires, o Botafogo teve uma baixa importante. O zagueiro Joel Carli sofreu uma entorse no joelho direito na vitória sobre o Campinense, pela Copa do Brasil, na semana passada, e terá de passar por uma artroscopia. Dessa forma, a dupla de zaga será formada por Marcelo Benevenuto e Gabriel. O restante do time titular deverá ser o mesmo do triunfo no Rio.

Enquanto o Alvinegro não entrou em campo no fim de semana por não ter avançado na Taça Guanabara, o Defensa obteve a sexta vitória seguida pelo Campeonato Argentino, no qual ainda está invicto. Os comandados do técnico Sebastián Beccacece bateu o Gimnasia La Plata por 1 a 0.

A nota negativa do triunfo foi a lesão do atacante Gastón Togni, que rompeu o ligamento cruzado do joelho esquerdo e, assim como Carli, deverá ficar longe dos gramados por vários meses.

Com um elenco curto e a chance de ser campeão nacional pela primeira vez, o Defensa vive o dilema de poupar ou não jogadores. Beccacece fez mistério sobre o assunto. "Poupar jogadores? Vamos ver", limitou-se a dizer o treinador, que, ao mesmo tempo em que pensa no Botafogo, já olha para o duro e importante confronto com o Boca Juniors, no próximo domingo, também como mandante.

Prováveis escalações:.

Defensa y Justicia: Unsaín; González, Barboza, Martínez e Delgado; Castro, Blanco e Miranda; Fernández, Rius e Aliseda. Técnico: Sebastián Beccacece.

Botafogo: Gatito Fernández; Marcinho, Marcelo Benevenuto, Gabriel e Jonathan; Jean, Alex Santana e Luiz Fernando; Rodrigo Pimpão, Erik e Kieza. Técnico: Zé Ricardo.

Árbitro: Diego Haro (Peru), auxiliado pelos compatriotas Jonny Bossio e Jesús Sánchez.

Estádio: Norberto Tomaghello, em Buenos Aires. EFE

Esporte