PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Com Messi recuperado, Barça faz duelo de invictos contra o Lyon na Champions

18/02/2019 15h51

Barcelona/Paris, 18 fev (EFE).- Dois dos três únicos times ainda invictos na Liga dos Campeões, Barcelona e Lyon começam a decidir nesta terça-feira, no estádio Olympique Lyonnais, quem ficará com uma vaga nas quartas de final da principal competição do continente.

Apesar da invencibilidade, o retrospecto dos dois times na fase de grupos é bastante distinto. O Barcelona avançou como líder de sua chave, com quatro vitórias e dois empates diante do Tottenham, quando já estava classificado, e da Inter de Milão.

O Lyon, por sua vez, teve apenas um triunfo pelo grupo F, mas diante do todo-poderoso Manchester City, na estreia da competição, fora de casa, por 2 a 1. Todos os outros cinco jogos da equipe de Bruno Genesio terminaram empatados, mas ainda assim o time francês conseguiu ficar com a segunda vaga da chave.

A preocupação do técnico do Barcelona, Ernesto Valverde, é exatamente a instabilidade do time como visitante em jogos decisivos. Nas últimas cinco eliminatórias disputadas, a equipe catalã empatou uma e perdeu quatro. A última vitória foi em fevereiro de 2016, sobre o Arsenal, por 2 a 0.

O retrospecto diante do Lyon, no entanto, é bastante favorável. Nas seis partidas entre as duas equipes, nunca os franceses bateram os espanhóis. Dois dos jogos foram em oitavas de final, na temporada 2008/2009. No State de Gerland, empate por 1 a 1, com gols de Juninho Pernambucano e Thierry Henry. No Camp Nou, o Barcelona goleou o adversário por 5 a 2 e ficou com a vaga nas quartas de final.

Valverde deverá ter quatro mudanças para a partida de amanhã. O zagueiro Samuel Umtiti, ex-Lyon, foi relacionado para o jogo, mas ficará no banco de reservas, dando lugar a Clément Lenglet.

Nelson Semedo ocupará a lateral-direita no lugar de Sérgio Roberto. No meio, o brasileiro Arthur, lesionado, será substituído por Arturo Vidal. E, no ataque, Philippe Coutinho deve perder a vaga pelo lado esquerdo para Ousmane Dembélé.

A principal aposta do Barcelona é, claro, Lionel Messi. Totalmente recuperado de um problema na coxa que o tirou do clássico contra o Real Madrid pela Copa do Rei, o astro argentino disse no início da temporada que a 'Champions' é prioridade nesta temporada.

Pelo Lyon, Genesio terá um desfalque mais que importante. O craque do time, o atacante Nabil Fekir, está fora do jogo por suspensão. O artilheiro foi essencial na única vitória do time até então na competição, contra o Manchester City.

No entanto, é exatamente contra os times grandes que o Lyon vem crescendo na temporada. No Campeonato Francês, por exemplo, a equipe foi a primeira a bater o Paris Saint-Germain.

Mas os comandados de Genesio sabem que será difícil promover uma façanha diante do Barcelona sem Fekir. Por esse motivo, Memphis Depay pode ser avançado para a posição central do meio-campo, um posto que ele tem ocupado com qualidade na ausência do companheiro.

Além disso, Genesio tem outras duas dúvidas para o jogo: o meia Tanguy Ndombele e zagueiro Jason Denayer, que faz dupla com o brasileiro Marcelo, ex-Santos, e pode ser substituído pelo também brasileiro Marçal, ex-Guaratinguetá. O lateral-direito Rafael deve ficar no banco de reservas.

No outro jogo desta terça-feira, Liverpool e Bayern de Munique fazem, no Estádio Anfield, um dos duelos mais acirrados das oitavas de final da Liga dos Campeões.

Depois de um início de temporada avassalador, os 'Reds' perderam a liderança do Campeonato Inglês para o City e tentam mostrar na 'Champions' o mesmo vigor do começo do torneio.

Já o Bayern, também invicto no torneio, vem em um momento de recuperação e diminuiu a vantagem do Borussia Dortmund para apenas dois pontos no Campeonato Alemão.

Os dois times terão desfalques importantes. Pelo lado do Liverpool estão fora Van Dijk, suspenso, além de Gomez e Oxlade-Chamberlain, lesionados. Roberto Firmino é dúvida, mas deve estar ao lado de Sadio Mané e Mohammed Salah no ataque dos 'Reds'.

No Bayern, o técnico Nivo Kovac não poderá contar Robben, Boateng e Tolisso, lesionados, e Müller, suspenso.

Escalações prováveis:

Lyon: Lopes; Dubois, Marcelo, Denayer (Marçal) e Mendy; Ndombele, Tousart, Cornet (Traoré), Depay e Aouar; Moussa Dembélé.

Barcelona: Ter Stegen; Semedo, Piqué, Lenglet e Alba; Busquets, Rakitic e Arturo Vidal; Messi, Suárez e Dembélé.

Árbitro: Cüneyt Çakir (Turquia), auxiliado pelos compatriotas Bahattin Duran e Tarik Ongun.

Estádio: Olympique Lyonnais, em Lyon (França). EFE

Esporte