PUBLICIDADE
Topo

Esporte

CAS nega recurso do Galatarasay em caso de violação de fair play financeiro

15/02/2019 13h37

Redação Central, 15 fev (EFE).- A Corte Arbitral do Esporte (CAS) negou nesta sexta-feira um recurso apresentado pelo Galatasaray contra uma ação da Uefa que acusa o clube de descumprir as regras de fair play financeiro da federação.

A Câmara de Investigação da Uefa concluiu que o Galatasaray tinha infringido os regulamentos financeiros e administrativos previstos no fair play financeiro, um mecanismo criado pela entidade para que as despesas dos clubes europeus sejam compatíveis com seus orçamentos.

Em outubro do ano passado, outro órgão da Uefa determinou que o caso voltasse à Câmara de Investigação para uma nova apuração. Na mesma época, o Galatasaray apresentou recurso para evitar uma punição, que pode chegar a exclusão do time das competições europeias por duas temporadas.

O recurso do clube, no entanto, foi apresentado fora do prazo e, portanto, rejeitado pela Câmara de Investigação da Uefa.

Agora, o Galatasaray tem dez dias úteis para apresentar um novo recurso à Câmara de Investigação da Uefa. EFE

Esporte