PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Aguëro dá show, City massacra Chelsea e reassume a liderança do Inglês

10/02/2019 15h52

Londres, 10 feb (EFE).- Em um massacre poucas vezes visto em clássicos no Campeonato Inglês, o Manchester City goleou o Chelsea neste domingo, no Etihad Stadium, por 6 a 0, com três gols de Sergio Aguëro e passou mais uma vez o Liverpool na liderança do torneio.

Os comandados de Josep Guardiola precisaram de apenas 25 minutos para abrir 4 a 0 no placar, uma vantagem que poderia ser ainda maior se Sergio Agüero não tivesse perdido uma chance inacreditável quando o jogo ainda estava 1 a 0 para os donos da casa. Os outros três gols do jogo foram marcados por Raheem Sterling, duas vezes, e Ilkay Gundogan.

Esta foi a pior derrota do Chelsea na história da era Premier League, que começou a ser disputada em 1992. Já Aguëro anotou mais um hat-trick na competição, o 11º de sua carreira no torneio, igualando a marca histórica do inglês Alan Shearer.

Com o resultado, o City reassumiu a liderança do Inglês, empatando com o Liverpool em 65 pontos, mas passando o adversário por ter 10 gols a mais de saldo. Os 'Reds', no entanto, tem um jogo a menos.

O primeiro gol da partida saiu aos 4 minutos. Kevin De Bruyne cobrou falta rápida para Bernardo Silva, que foi à linha de fundo pela direita e cruzou. A bola desviou no brasileiro David Luiz e sobrou limpa para Raheem Sterling fuzilar e marcar.

Três minutos depois, Bernardo Silva fez fila na defesa dos 'Blues' pela esquerda e cruzou rasteiro para Agüero, completamente livre. O atacante argentino tocou de forma displicente e perdeu a chance de ampliar com o gol completamente escancarado.

Na sequência, Aguëro se recuperou e começou um show particular dentro do passeio do City. Aos 13 minutos, o artilheiro argentino recebeu na entrada da área e bateu no ângulo. Kepa Arrizabalaga se esticou, tocou na bola, mas não conseguiu evitar o gol.

A intensidade do adversário abalou a defesa do Chelsea, que deu de presente o terceiro gol para o City. Depois de cruzamento na área aos 19 minutos, Ross Barkley tentou recuar de cabeça para Kepa, mas a bola saiu curta. Esperto entre os zagueiros, Agüero dominou e fez o segundo dele no jogo.

O quarto gol do massacre veio aos 25. Sterling tocou para Agüero na área, mas a zaga do Chelsea conseguiu afastar. O rebote ficou com Ilkay Gundogan na entrada da área. Atento no lance, o volante alemão pegou de primeira e acertou o canto de Kepa, que nada pôde fazer.

Com o resultado mais do que garantido, o City recuou, dando espaço para o Chelsea atacar. A melhor chance dos 'Blues' veio dos pés de Gonzalo Higuaín, recentemente contratado pelo clube. O atacante argentino pegou bonito de fora da área e acertou o ângulo. O goleiro brasileiro Ederson se esticou e fez bonita defesa.

No segundo tempo, os 'Blues' seguiram tentando diminuir o estrago da goleada, mas quem voltou a marcar foi o City. Aos 12 minutos, Sterling fez boa jogada pela esquerda e foi derrubado na área por Cesar Azpilicueta. Agüero cobrou e fez o terceiro dele no jogo.

Com a missão mais que cumprida, Agüero deu lugar a Gabriel Jesus, que teve a chance de marcar o sexto aos 27 da etapa final, mas parou em boa defesa de Kepa.

Ainda deu tempo para o sexto. Faltando dez minutos para o fim, David Silva, que também entrou na segunda etapa, lançou Oleksandr Zinchenko nas costas da defesa. O lateral cruzou na medida para Sterling, livre na área, marcar o segundo dele no jogo.

As duas equipes voltam a se enfrentar na decisão da Copa da Liga Inglesa, no Estádio Wembley, no próximo dia 24. EFE

Esporte