PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Julgamento entre Barça e Neymar por bônus de renovação é adiado para março

28/01/2019 15h34

Barcelona (Espanha), 28 jan (EFE).- O julgamento entre Barcelona e Neymar por um bônus de renovação do jogador terá início no dia 21 de março, e não 31 de janeiro, como estava previsto, segundo informou o Tribunal Superior de Justiça da Catalunha em comunicado.

"O julgamento que o tribunal social número 15 de Barcelona deveria realizar em 31 de janeiro entre Neymar da Silva Santos Júnior e FC Barcelona foi suspenso e tem como nova data definida o dia 21 de março", anunciou a Suprema Corte catalã.

Ambas as partes travam uma batalha judicial pelo bônus de renovação que o jogador deveria receber após assinar no dia 1º de julho de 2016 um novo contrato com o clube, válido até 2021.

Esse prêmio chegava a 40 milhões de euros, quantia a ser paga em duas parcelas. A primeira, de 14 milhões de euros, o clube pagou no momento da assinatura do contrato.

Já os 26 milhões restantes o Barcelona se negou a pagar depois que Neymar se transferiu para o Paris Saint-Germain, que desembolsou os 222 milhões de euros da cláusula de rescisão do brasileiro.

Neymar cobra na justiça que o Barcelona pague esses 26 milhões de euros mais 10% de juros, enquanto o clube pede que o jogador o indenize com 75 milhões por descumprimento de contrato. EFE

Esporte