PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Pai de Sala implora por continuidade das buscas: "Por favor, não parem"

24/01/2019 15h14

Buenos Aires, 24 jan (EFE).- Horacio Sala, pai de Emiliano Sala, o atacante argentino que viajava em um pequeno avião que desapareceu na segunda-feira quando cruzava o canal da Mancha de Nantes para Cardiff, insistiu para que autoridades retomem a busca pelo filho e o piloto David Ibbotson, que foi cancelada nesta quinta-feira.

"Continuem buscando, por favor, não se pode mais viver assim. Que sigam buscando. Por que não vão continuar buscando? Por favor, não parem. Soube pela imprensa (que cancelaram a busca). Estamos pedindo para que continuem buscando", disse Horacio ao canal argentino "TyC Sports".

Emocionado, Horacio descreveu o filho como "um menino muito bom" e humilde gostava de futebol. O pai utilizou a rápida entrevista para fazer um apelo às autoridades britânicas.

"É um ser humano. Por favor, por favor, que continuem a busca até que apareça. Não pode ser que desapareça um avião e não tenham rastro de nada", comentou.

Por volta das 13h15 desta quinta-feira, a polícia da ilha de Guernsey comunicou que não está mais "buscando de forma ativa", após não ter detectado "nenhuma parte da aeronave, o piloto nem o passageiro".

As forças de segurança informaram que três aviões e cinco helicópteros fizeram 80 horas de tempo de voo combinado para buscar o pequeno avião, que decolou na segunda-feira de Nantes, na França, com destino a Cardiff, no Reino Unido.

O Cardiff desembolsou 15 milhões de libras esterlinas ao Nantes para contratar Sala. O jogador postou em sua última mensagem nas redes sociais uma foto dele com os ex-companheiros de equipe. EFE

Esporte