PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Irmã de Sala insiste para que autoridades mantenham busca

24/01/2019 16h07

Londres, 24 jan (EFE).- A irmã de Emiliano Sala, atacante argentino que estava a bordo de um pequeno avião que desapareceu enquanto sobrevoava o canal da Mancha na segunda-feira passada, suplicou nesta quinta-feira para que as autoridades britânicas continuem com a busca.

A polícia da ilha de Guernsey informou que cancelou a busca por não ter detectado nenhuma "parte da aeronave, o piloto nem o passageiro".

Após saber da notícia, Romina Sala concedeu uma entrevista coletiva em Cardiff, no País de Gales, para suplicar às autoridades do Reino Unido que prossigam com os trabalhos de resgate. Visivelmente emocionada, a jovem argentina disse aos jornalistas que sente que o irmão e o piloto "continuam vivos".

No entanto, o chefe das operações, David Barker, afirmou nesta quinta-feira que, embora entenda que a família de Sala não concorde com a decisão de terminar a busca, está "absolutamente convencido" que nada mais pode ser feito.

Emiliano Sala, que defendia o Nantes, foi contratado pelo Cardiff e embarcou com destino ao Reino Unido para se apresentar à nova equipe. O jogador e um piloto atravessaram o canal da Mancha na noite de segunda-feira, mas a aeronave desapareceu. EFE

Esporte