PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Henry deixa comando do Monaco após 3 meses e meio

24/01/2019 17h40

Paris, 24 jan (EFE).- O Monaco anunciou nesta quinta-feira a saída do técnico Thierry Henry, que havia sido contratado há pouco mais de três meses, e confirmou que o auxiliar Franck Passi substituirá o ex-atacante de maneira interina.

"O AS Monaco anuncia que decidiu suspender Thierry Henry das suas funções de treinador da equipe principal a partir deste dia e à espera de uma decisão definitiva. Franck Passi se encarregará do treino do grupo profissional nesta sexta-feira", informou o clube do principado em breve comunicado.

Henry, de 41 anos, chegou ao Monaco em 13 de outubro para substituir o português Leonardo Jardim, demitido porque até então o time tinha apenas uma vitória na temporada. O ex-atacante retornava à equipe pela qual jogou de 1993 a 1999, com um total de 141 partidas e 28 gols, e pela qual foi campeão francês em 1997.

No entanto, o técnico não conseguiu reverter a tendência de queda do Monaco, que há um ano faturou a taça da 'Ligue 1', mas agora vem em penúltimo lugar, com apenas 15 pontos em 21 rodadas. EFE

Esporte