PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Goleiro do Chievo diz que defendeu pênalti de CR7 graças a vídeos na internet

23/01/2019 16h28

Roma, 23 jan (EFE).- O goleiro Stefano Sorrentino, que na última segunda-feira espalmou um pênalti cobrado por Cristiano Ronaldo na vitória da Juventus sobre o Chievo por 3 a 0, no Allianz Stadium, revelou que fez a defesa após ter visto vídeos do craque português na internet e disse que tem o hábito de estudar os adversários.

O arqueiro de 39 anos já havia feito várias defesas em tentativas de Cristiano no primeiro turno, apesar de a 'Velha Senhora' também ter vencido por 3 a 2. Embora tenha sofrido seis gols nas duas partidas, Sorrentino não foi vazado pelo craque português.

"Por trás de um pênalti defendido há estudo, preparação e intuição. Eu, no início, estudava os atacantes no YouTube, e agora, antes dos jogos, vemos os vídeos junto com Lorenzo Squizzi (preparador de goleiros do Chievo) para decidir a estratégia", disse Sorrentino ao jornal "Gazzetta dello Sport". "Tínhamos certeza de que ele bateria o pênalti à direita, e foi isso que aconteceu", completou.

A grande defesa no chute do camisa 7 da Juve é uma das que deram mais orgulho ao experiente goleiro, que afirmou que guardará todo o uniforme usado em Turim na segunda-feira.

"É uma das melhores (defesas) da minha carreira, porque, ao vê-la de novo, Ronaldo chutou um bom pênalti. Tinha decidido que cairia para aquele lado e saí com um instante de antecipação. Se não tivesse feito isso, não teria defendido. Ele bateu forte e rente à trave. Vou guardar tudo, luvas, camisas, calças e meias", afirmou.

Apesar do esforço de Sorrentino, o Chievo é o lanterna do Campeonato Italiano após 20 rodadas, com apenas oito pontos, nove a menos que o Empoli, último time fora da zona de rebaixamento. EFE

Esporte