PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Torcedor do PSG é condenado à prisão por tumulto em 2011

14/01/2019 13h17

Bilbao, 14 jan (EFE).- A Audiência Provincial de Bizkaia condenou a um ano de prisão um torcedor do Paris Saint-Germain por desordem pública e danos causados momentos antes de uma partida do time francês contra o Athletic Bilbao no dia 29 de setembro de 2011, mas suspendeu a execução da pena durante dois anos com a condição de que não cometa outro crime.

Outros oito torcedores do PSG já foram julgados pelos mesmos incidentes em junho de 2018 e condenados a diversas penas de prisão inferiores a dois anos que também ficaram suspensas, mas o novo condenado, Bernardo, não compareceu ao tribunal nessa data, por isso que, após chegar a um acordo com a promotoria, o julgamento dele se foi realizado em 28 de setembro do ano passado.

A sentença considera provado que o acusado e os demais torcedores se dirigiram horas antes da partida às ruas próximas ao estádio San Mamés para alterar a ordem pública e começaram a bater violentamente em infraestruturas, tanto urbanas de diversos estabelecimentos, ainda lançando diversos objetos contra os transeuntes.

Os torcedores do PSG jogaram cadeiras e mesas de um terraço contra os clientes e agrediram um deles, que sofreu um ferimento na testa. Depois, bateram em outro homem, que teve traumatismo cranioencefálico sem fratura craniana, um ferimento no couro cabeludo e uma luxação no ombro, sendo necessário um procedimento cirúrgico.

Por tudo isso, a Audiência de Bizkaia condenou Bernardo a seis meses de prisão por um crime de desordem público e a duas penas de três meses de prisão por outros tantos delitos de lesões. EFE

Esporte