PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Inter de Milão nega ter feito proposta para contratar Modric depois da Copa

30/12/2018 15h19

Roma, 30 dez (EFE).- O diretor-esportivo da Inter de Milão, Piero Ausilio, admitiu neste domingo que a equipe desejava contratar o meia croata Luka Modric, mas, negou que tenha sido feita qualquer oferta para tirá-lo do Real Madrid na última janela de transferências do futebol europeu.

De acordo com o dirigente, em entrevista concedida à emissora italiana "Sky Sports", a possibilidade foi ventilada pelos representantes do lateral-direito croata Sime Vrsaljko, contratado pelos 'nerazzurri' após a Copa do Mundo junto ao Atlético de Madrid.

"Eles nos deram essa ideia. Fiquei surpreso, porque me parecia pouco provável que um clube como o Real Madrid abrisse mão de Modric, após ter perdido (Cristiano) Ronaldo. Não acreditava, mas, disse para mim mesmo: 'por que não sonhar?", contou Ausilio.

O diretor-esportivo da Inter disse que, na época, só manifestou que o clube estava disponível para contar com o melhor jogador da última edição da Copa do Mundo, caso fosse verdade que havia desejo do croata de deixar o Real.

"Se era verdade o que nos diziam os representantes, que falassem com o Madrid e nos mantivessem a par. Não quisemos começar uma negociação, porque sabíamos quais eram nossas possibilidades econômicas", afirmou.

Ausilio ainda completou que, além de não ter acontecido oferta ao clube espanhol, Modrid também não foi procurado pela Inter. EFE

Esporte