PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Após morte de torcedor, Salvini ouvirá dirigentes e líderes de torcidas

27/12/2018 10h54

Roma, 27 dez (EFE).- O ministro do Interior da Itália, Matteo Salvini, anunciou nesta quinta-feira que convocará os dirigentes dos clubes de futebol das séries A e B e os representantes das torcidas organizadas para uma reunião no início de 2019, após a morte de uma pessoa durante uma briga entre torcedores antes da partida entre Inter de Milão e Napoli na quarta-feira passada.

"Em 2018 não se pode morrer por ir a um jogo de futebol. Os estádios têm que ser um lugar de diversão, não de violência", disse o ministro, que explicou que os convocará no início do ano que vem.

Um torcedor morreu nesta quinta-feira após ter sido atropelado ontem durante uma briga entre ultras de Inter de Milão e Napoli a dois quilômetros do estádio Giuseppe Meazza, em Milão.

Daniele Belardinelli, de 35 anos, foi atropelado antes do início da partida, em meio ao tumulto. Ainda não foi identificado o motorista do veículo, segundo a polícia.

Os incidentes começaram quando uma caminhonete na qual viajavam torcedores do Napoli foi atacada por cerca de cem torcedores da Inter.

Belardinelli, que procedia da cidade de Varese, no norte da Itália, já tinha antecedentes por ocorrências em estádios de futebol, de acordo com o chefe da polícia de Milão, Marcello Cardona. EFE

Esporte