PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Gattuso admite má fase de Higuaín, mas banca permanência no Milan

Gonzalo Higuain ainda não brilhou definitivamente com a camisa do Milan - Gabriel Bouys/AFP
Gonzalo Higuain ainda não brilhou definitivamente com a camisa do Milan
Imagem: Gabriel Bouys/AFP

21/12/2018 17h26

O técnico italiano Gennaro Gattuso negou nesta sexta-feira que o atacante argentino Gonzalo Higuaín pode deixar o Milan em janeiro, quando será aberta nova janela de transferências no futebol europeu.

Nos últimos dias, cresceu na Itália a especulação de que o centroavante pode ser trocado pelo espanhol Álvaro Morata e defender o Chelsea, já na segunda metade da temporada 2018-2019.

"Não me consta que haja nada referente ao mercado. Não está passando por um bom momento, como o resto do time. Mas, seguimos ocupando a quarta posição", disse Gattuso, em entrevista coletiva nesta sexta-feira (21).

Higuaín foi contratado pelo Milan depois da chegada do português Cristiano Ronaldo à Juventus. O time bianconero cedeu o argentino por 18 milhões de euros (R$ 79,3 milhões), com direito de compra definitiva em mais 36 milhões de euros (R$ 158,7 milhões).

O argentino só anotou cinco gols desde que chegou a Milão e não balança a rede há sete jogos. A última vez que marcou foi no dia 28 de outubro, na vitória sobre a Sampdoria por 3 a 2, pelo Campeonato Italiano.

"Ele está sofrendo, porque não está marcando. Não tem tido muito brilho, nem está em um momento positivo", lamentou Gattuso. 

Esporte