PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Bucks levam a melhor no duelo de invictos e vencem Raptors por 124 a 109

30/10/2018 05h34

Redação Central, 29 out (EFE).- A ausência do ala-pivô Giannis Antetokounmpo, lesionado, não impediu que o Milwaukee Bucks fizesse uma grande partida no duelo dos únicos invictos com o Toronto Raptors, e vencesse o confronto por 124 a 109, na noite de segunda-feira, no Bradley Center, pela temporada 2018-2019 da NBA.

Sem Antetokounmpo, a franquia de Wisconsin, com a melhor marca da liga até o momento (7-0), teve no ala-pivô Ersan Ilyasova seu grande líder, anotando 19 pontos.

Com o resultado, os Bucks igualaram o melhor início de temporada da equipe, que eles tiveram em 1971-1972.

Se os donos da casa não contaram com Antetokounmpo, os Raptors também não tiveram seu astro Kawhi Leonard, poupado ainda por conta de uma lesão muscular sofrida quando atuava pelo San Antonio Spurs, na temporada passada, onde conseguia jogar apenas seis partidas seguidas.

O principal nome da franquia canadense foi o ala-pivô Serge Ibaka, terminando como cestinha e ficando perto da marca de duplo-duplo, com 30 pontos e nove rebotes.

Jimmy Butler voltou a reivindicar seu status de principal nome do Minnesota Timberwolves e liderou a equipe na vitória sobre o Los Angeles Lakers, de LeBron James, por 124 a 120, no Target Center.

O ala-armador dos Bucks foi o cestinha, com 32 pontos. Outro nome de destaque no triunfo foi Karl-Anthony Towns, com duplo-duplo, o pivô fez 25 pontos e 16 rebotes, sendo que nove deles foram ofensivos.

Pelo lado dos Lakers, LeBron também fez uma grande partida, ficando perto do triplo-duplo, com 29 pontos, dez rebotes e oito assistências.

Em duelo decidido na prorrogação, o San Antonio Spurs derrotou o Dallas Mavericks, no AT&T Center, pelo placar de 113 a 108.

O confronto texano marcou o encontro entre DeMar DeRozan, dos Spurs, e Luka Doncic, dos Mavs, que não decepcionaram.

DeRozan foi o cestinha com 34 pontos. Já o esloveno, que disputa sua primeira temporada na NBA, marcou 31 pontos.

O ala-armador Gary Harris marcou 23 pontos e fez cesta decisiva na reta final da partida que garantiu o triunfo por 116 a 111 de sua equipe, o Denver Nuggets, sobre o New Orleans Pelicans, no Pepsi Center.

Junto com Harris, o armador Jamal Murray também contribuiu com 23 pontos para a vitória dos anfitriões, enquanto que Nikola Jokic ficou perto do triplo-duplo, com 12 pontos, dez assistências e nove rebotes.

Já nos Pelicans, o destaque ficou para Julius Randle, cestinha da noite com 24 pontos.

Esporte