PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Fifa determina que jogo entre Barça e Girona não pode ser realizado nos EUA

26/10/2018 13h55

Redação Central, 26 out (EFE).- O Conselho da Fifa determinou que a partida entre Girona e Barcelona, que a organização do Campeonato Espanhol pretendia levar para Miami em 26 de janeiro, seja disputado "dentro do território da respectiva federação".

O presidente da entidade que rege o futebol internacional, Gianni Infantino, afirmou que o Conselho debateu o assunto em sua reunião desta sexta-feira em Kigali, após pedido das federações de Espanha e Estados Unidos e da Concacaf.

"Escutada a opinião do Comitê de stakeholders, o Conselho debateu o assunto e enfatizou o princípio esportivo que as partidas oficiais de um campeonato nacional devem ser jogadas dentro do território respectivo da federação. O Conselho é muito claro nesse sentido", declarou Infantino em entrevista coletiva posterior à reunião.

A organização do Espanhol e os dois clubes envolvidos solicitaram em 11 de setembro à RFEF a autorização para que o jogo, válido pela 21ª rodada, fosse realizado nos EUA como parte de um acordo com uma multinacional americana.

A RFEF e a Associação de Jogadores Espanhóis se opõem à iniciativa, mas o presidente da liga espanhola, Javier Tebas, já havia dito ontem que o caso será resolvido nos tribunais.

"Se a Supercopa da Espanha foi jogada em Tânger (Marrocos) mesmo com oposição do Sevilla (derrotado pelo Barcelona), como esse jogo não vai acontecer nos Estados Unidos se os dois times querem?", questionou o dirigente.

Esporte