PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Distúrbios deixam 38 policiais feridos em semifinal da Champions africana

Confrontos no jogo Espérance x Primeiro de Agosto deixaram policiais feridos - FETHI BELAID / AFP
Confrontos no jogo Espérance x Primeiro de Agosto deixaram policiais feridos Imagem: FETHI BELAID / AFP

24/10/2018 12h34

Túnis, 24 out (EFE).- Violentos distúrbios que deixaram 38 policiais feridos marcaram a partida da noite de terça-feira (23) entre Espérance, atual campeão tunisiano, e Primeiro de Agosto, campeão angolano, válida pelas semifinais da Liga dos Campeões da África.

De acordo com o porta-voz do Ministério do Interior da Tunísia, Sofiane Zaag, pelo menos 12 pessoas foram detidas acusadas de praticar atos de vandalismo e depredação do patrimônio público.

Em confronto difícil e disputado em meio a um ambiente pesado, o time tunisiano, que tinha perdido por 1 a 0 em Angola, venceu a partida de volta por 4 a 2 em casa.

"Foi tudo, menos futebol. Aconteceram muitas coisas fora do campo, explodiram bombas, houve uma invasão de campo. É uma vergonha para mim e também para a organização. Isso não foi futebol, foi um filme de terror", reclamou nesta quarta-feira (24) o técnico do Primeiro de Agosto, o sérvio Zoran Majnolovic.

"Eu gostaria que alguém com responsabilidade visse toda a partida e as condições. Não era uma partida do campeonato local, era um jogo internacional. O que aconteceu é uma vergonha para o futebol mundial", criticou.

O Espérance disputará a final da Liga dos Campeões da África em novembro contra o atual campeão do Egito, o Al Ahly, que na outra semifinal derrotou o Setif, da Argélia.

Esporte