PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Juve não se intimida em Old Trafford, bate United e fica perto das oitavas

23/10/2018 17h53

Manchester (Inglaterra), 23 out (EFE).- A Juventus conquistou resultado imponente nesta terça-feira, ao passar pelo Manchester United por 1 a 0, no estádio Old Trafford, resultado que deixa o atacante português Cristiano Ronaldo e companhia muito perto das oitavas de final da Liga dos Campeões.

O duelo, válido pelo grupo H da competição continental, foi definido graças a gol marcado pelo atacante argentino Paulo Dybala, aos 17 minutos do primeiro tempo, em jogada que teve participação do camisa 7, que reencontrou o time que o projetou internacionalmente.

Apesar da vitória 'bianconera', o grande nome da partida foi o goleiro espanhol David de Gea, principal responsável por evitar um resultado ainda mais elástico contra a equipe comandada pelo técnico português José Mourinho, que vem sofrendo contra as ameaças de demissão.

Com o resultado de hoje obtido em Old Trafford, a Juventus é a primeira equipe a alcançar a marca de nove pontos na competição. No próximo dia 7, o time italiano reencontrará o Manchester United, que tem quatro pontos, e precisará apenas de mais três pontos para se garantir nas oitavas.

Para o jogo desta terça-feira, os dois times apresentaram desfalques importantes. O United não contou com o atacante chileno Alexis Sánchez, que ficou fora por motivos não divulgados. A Juve, por sua vez, perdeu o atacante croata Mario Mandzukic, que lesionou o tornozelo esquerdo durante o treino desta segunda-feira.

Se houve empate nas baixas, o time italiano levou a melhor na quantidade de retornos, inclusive, em qualidade, já que o técnico Massimiliano Allegri teve a disposição o atacante português Cristiano Ronaldo, que cumpriu suspensão na segunda rodada, por causa de cartão vermelho recebido na vitória sobre o Valencia.

O duelo começou em ritmo lento, com as duas equipes se estudando, tanto é que, o primeiro momento mais animado foi a invasão de campo de um torcedor da equipe de Manchester que, aparentemente, tentava abraçar CR7, aos 3 minutos do primeiro tempo.

Pouco depois, aos 17, a rede dos anfitriões balançou, quando o português disparou pela direita, cruzou em direção a Cuadrado, que não conseguiu concluir, pela presença de Smalling para travar. Dybala, no entanto, estava ligado e apareceu para pegar a sobra e fuzilar, sem dar chance para De Gea.

A Juventus seguiu se portando como time da casa, em pleno Old Trafford e, aos 21, ficou muito perto de marcar o segundo, quando Cancelo tabelou com Cristiano Ronaldo, recebeu na frente e soltou uma bomba, obrigando o goleiro espanhol do United a fazer ótima defesa.

Em desvantagem, o United até tentou sair mais do campo defensivo, mas não conseguiu criar oportunidades. Aos 37, CR7 cobrou falta da intermediária com uma bomba, e parou em defesa de De Gea. No rebote, Matuidi emendou de primeira e obrigou o goleiro espanhol a trabalhar bem mais uma vez.

No segundo tempo, o camisa 1 do time da casa seguiu brilhando, ao parar o ataque da Juventus. Aos 6 minutos, Cuadrado serviu Cristiano Ronaldo, que soltou uma bomba no ângulo esquerdo de De Gea, que se esticou todo e conseguiu jogar por cima do gol.

Aos poucos, a equipe visitante foi apostando cada vez mais no contra-ataque, atraindo o United para seu campo. Aos 29, Pogba acertou uma bomba de perna esquerda e acertou a trave. A bola acabou voltando em direção a Szczesny, bateu na cabeça do goleiro e saiu.

O ímpeto dos Diabos Vermelhos pelo gol só surgiu nos instantes finais, embora, o goleiro da Juve não tenha tido grande trabalho. Aos 38, Lukaku, e aos 43, Martial, finalizaram para tentar empatar, mas, não conseguiram superar o polonês, que garantiu a vitória.

Mais cedo, Valencia e Young Boys empataram em 1 a 1, em Berna, na Suíça. O resultado foi ruim para as duas equipes, que seguem sem vencer. O atacante belga Michy Batshuayi marcou no primeiro tempo para os visitantes, e o o atacante francês Guillaume Hoarau converteu cobrança de pênalti e decretou a igualdade na etapa final.



Ficha técnica:.

Manchester United: De Gea; Young, Lindelof, Smalling e Shaw; Matic, Pogba e Mata; Rashford, Martial e Lukaku. Técnico: José Mourinho.

Juventus: Szczesny; Cancelo (Douglas Costa), Bonucci, Chiellini e Alex Sandro; Bentancur, Pjanic e Matuidi; Cuadrado (Barzagli), Dybala (Bernardeschi) e Cristiano Ronaldo. Técnico: Massimiliano Allegri.

Árbitro: Milorad Mazic (Sérvia), auxiliado pelos compatriotas Milovan Ristic e Dalibor Djurdjevic.

Gol: Dybala (Juventus).

Cartões amarelos: Young (Manchester United) Matuidi Chiellini (Juventus).

Estádio: Old Trafford, em Manchester (Inglaterra).

Esporte