PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Com dúvida na lateral direita, Flu recebe Nacional-URU pela Sul-Americana

23/10/2018 16h51

Rio de Janeiro, 23 out (EFE).- Com a necessidade de fazer um bom resultado em casa para ter uma missão mais tranquila em Montevidéu, o Fluminense receberá no Estádio Olímpico Nilton Santos nesta quarta-feira o Nacional pela partida de ida das quartas de final da Copa Sul-Americana.

Esta será a primeira vez que o confronto acontecerá pelo torneio. As últimas partidas entre ambos os clubes foram pela fase de grupos da Taça Libertadores de 2011, quando empataram sem gols no Engenhão e o time uruguaio venceu por 2 a 0 no estádio Centenário, em Montevidéu.

O Flu chega à partida aliviado após a vitória por 1 a 0 sobre o Atlético-MG no domingo, resultado que deixa o tricolor na nona posição do Campeonato Brasileiro e ainda esperançoso na disputa por uma vaga na Libertadores do ano que vem. No entanto, a Sul-Americana é o outro caminho para a tão sonhada vaga.

A única dúvida no time é na lateral direita, já que o titular Gilberto está lesionado e Leo é dúvida. No domingo, o substituto para a posição foi Igor Julião, que não está inscrito na Sul-Americana. Sendo assim, a função deverá recair sobre Dodi, Jadson ou Mateus Norton.

Sem Pedro, que só retornará ao time no ano que vem devido a uma lesão, a equipe treinada por Marcelo Oliveira ainda se adapta à falta do centroavante, mas Luciano e Everaldo têm ganhado confiança com o passar dos jogos. A dupla foi responsável pelo belo gol da vitória sobre o Galo, marcado por Luciano após uma tabela dentro da área.

O Nacional desembarcou na noite de segunda-feira no Rio de Janeiro. A novidade é o zagueiro Alexis Rolín, que pode começar como titular no Engenhão.

Rolín não pôde disputar o clássico do final de semana contra o Peñarol, duelo que terminou empatado em 1 a 1. O zagueiro se recuperava de uma lesão muscular, mas tem chances de jogar na quarta-feira no lugar de Erramuspe.

A delegação do Nacional também conta com Sebastián Fernández e Alfonso Espino, que saíram machucados do clássico, mas receberam alta do departamento médico.

A grande ausência na partida contra o Flu será o jovem atacante Brian Ocampo, um dos destaques da equipe, que está concentrado com a seleção sub-20 do Uruguai e será substituído por Matías Zunino.

O Nacional espera manter a tradição de bons resultados nas visitas ao Brasil, onde conseguiu empates ou vitórias em seis das dez ocasiões em que enfrentou rivais brasileiros fora de casa.



Prováveis escalações:.

Fluminense: Júlio César; Ibañez, Gum e Digão; Dodi, Richard, Sornoza, Jadson e Ayrton; Everaldo e Luciano. Técnico: Marcelo Oliveira.

Nacional: Conde; Fucile, García, Rolín e Espino; Zunino, Oliva, Romero e Castro; Fernández e Barcia. Técnico: Alexander Medina.

Árbitro: Patricio Loustau (Argentina) auxiliado pelos compatriotas Juan P. Belatti e Ezequiel Brailovsky.

Estádio Olímpico Nilton Santos, no Rio de Janeiro.

Esporte