PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Ajax arranca vitória sobre o Benfica e divide liderança de grupo com Bayern

Frenkie de Jong é marcado por Gedson Fernandes no jogo entre Ajax e Benfica - JOHN THYS / AFP
Frenkie de Jong é marcado por Gedson Fernandes no jogo entre Ajax e Benfica Imagem: JOHN THYS / AFP

23/10/2018 18h22

Amsterdã, 23 out (EFE).- Um gol nos acréscimos do segundo tempo deu ao Ajax a vitória sobre o Benfica por 1 a 0 nesta terça-feira, na Johan Cruyff Arena, em Amsterdã, e levou a equipe holandesa à liderança do grupo E da Liga dos Campeões, empatada com o Bayern de Munique em todos os critérios.

Os 'Encarnados', que vinham com moral alto após terem vencido o clássico contra o Porto no último sábado, tiveram a primeira grande chance do jogo, logo aos cinco minutos do primeiro tempo, com Seferovic, mas o goleiro Onana fez grande defesa.

A partir de então, porém, os principais lances de perigo foram do Ajax, que poderia ter feito 1 a 0 aos 22 minutos, com Dolberg, que ficou cara a cara com Vlachodimos, mas parou em boa intervenção do goleiro alemão. Mais tarde, aos 41, Tagliafico ia empurrando para a rede, mas Conti salvou em cima da linha.

No segundo tempo, o Ajax pressionou ainda mais, mas Vlachodimos garantia o placar em branco. Aos 27, Tadic e Ziyech tabelaram, Van de Beek ficou em ótimas condições, mas parou no arqueiro adversário.

O responsável por mandar a bola para a rede aos 47 minutos da etapa final e deixar o tricampeão continental em boas condições nesta Champions foi Mazraoui, que aproveitou falha de Jardel e cruzamento de David Neres para fazer o único gol do jogo.

Com o resultado, o Ajax tem sete pontos, cinco gols marcados e um sofrido, números idênticos ao do Bayern de Munique, que mais cedo derrotou o AEK Atenas por 2 a 0 na Grécia. O Benfica é terceiro colocado, com três pontos, enquanto o representante grego ainda não pontuou.

No próximo dia 7, a equipe holandesa voltará a enfrentar os 'Encarnados', desta vez no Estádio da Luz, em Lisboa, enquanto o Bayern medirá forças com o AEK na Allianz Arena, em Munique.

O jogo em Amsterdã teve a participação de três brasileiros. David Neres entrou no Ajax aos 43 minutos da etapa final, mas teve tempo suficiente para ser determinante no lance do gol. No Benfica, Jardel foi titular, e volante Gabriel Pires, ex-Resende-RJ, entrou a cerca de 20 minutos do apito final.

Esporte