PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Vettel lamenta 4º lugar nos Estados Unidos: "Não posso estar feliz"

21/10/2018 19h31

Austin (EUA), 21 out (EFE).- O alemão Sebastian Vettel, da Ferrari, admitiu a decepção pelo quarto lugar alcançado no Grande Prêmio dos Estados Unidos, disputado neste domingo, que só não decretou a perda matemática do título mundial de Fórmula 1, porque o britânico Lewis Hamilton, da Mercedes, acabou apenas em terceiro.

"Não posso estar feliz. Não era o resultado esperado. Podia ter sido melhor. Só fico feliz por Kimi (Raikkonen), que merecia mais do que ninguém", disse o quatro vezes campeão, em referência ao piloto finlandês, seu companheiro de equipe.

Vettel esteve perto de colocar tudo a perder hoje, pois, enquanto Raikkonen pulava para a ponta, acabou se envolvendo em toque com o australiano Daniel Ricciardo, da Red Bull, caiu para o fim da fila e foi obrigado a fazer trabalho de recuperação. Na penúltima volta, ainda ultrapassou o finlandês Valtteri Bottas, da Mercedes, para conseguir o quarto lugar.

"Na disputa com Ricciardo, íamos roda com roda, mas eu não tinha muita tração. Não foi minha intenção tocar nele. Uma vez que decidi minha linha, eu já não conseguia parar", disse o alemão, avaliando o momento que foi crucial do desempenho na prova.

Com o resultado nos EUA, Hamilton chegou a 346 pontos, 70 a mais que Vettel, e só precisará ser sétimo na próxima etapa, no México, para ser campeão, independente do desempenho do rival. O alemão terá que ver no México, Brasil e Abu Dhabi, torcendo para que o britânico não marque mais do que quatro pontos nas três etapas finais.

Esporte